Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Com 35 pontos na carteira, diretor do Detran-ES pede exoneração


Por Mariana Czerwonka Publicado 28/01/2010 às 02h00 Atualizado 10/11/2022 às 19h10
Ouvir: 00:00

O diretor-geral do Detran do Espírito Santo, Paulo Lemos Barbosa, deixou o cargo nesta segunda-feira (25), após ter o direito de dirigir suspenso devido a oito multas de trânsito que somavam 35 pontos na carteira de habilitação. Lemos decidiu pedir o afastamento depois que o Conselho Estadual de Ética, ligado ao governo do Estado, sugeriu sua exoneração. Em reunião ontem, os sete conselheiros votaram pela saída do diretor. Em nota, o conselho considerou as atitudes “incompatíveis com a ética pública e o exercício do cargo para o qual foi nomeado, já que, publicamente, ele criticou o sistema que dirigia e pelo qual deveria zelar”.

Saiba mais na reportagem da Folha Online.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *