Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

23 de julho de 2024

Oficina Amiga da Mulher: seu legado para o trânsito e para as mulheres


Por Pauline Machado Publicado 08/03/2022 às 21h00 Atualizado 08/11/2022 às 21h14
Ouvir: 00:00

Empoderar mulheres motoristas quanto a manutenção dos seus carros e envolver as oficinas mecânicas na luta pelos direitos das mulheres. Conheça o trabalho da Oficina Amiga da Mulher.

As mulheres, cada vez mais, estão conquistando espaços em setores que até bem pouco tempo eram restritos aos homens. Por exemplo, os setores ligados a veículos: autopeças, motoristas de táxi, ônibus, de aplicativo, autoescola e até oficina mecânica.

O Instituto de Pesquisa Ipsos, mostra que, além disso, o número de mulheres habilitadas para dirigir também cresceu nos últimos anos. No período entre 2013 a 2019, por exemplo, 44% do total dos 14,2 milhões novos condutores no Brasil eram mulheres.

Então, fica fácil imaginar que cada vez mais elas também vão buscar mais conhecimento e entendimento sobre os seus veículos.

Pensando nessas mulheres, é que a Barbara Brier, empreendedora de Belo Horizonte, Minas Gerais, Técnica em Automobilística pelo SENAI, graduada em Gestão da Produção Industrial com Especialização em Educação Superior – UNIS MG, fundou em 2017, a Oficina Amiga da Mulher, que promove pelo Brasil, Cursos de Mecânica Básica para mulheres, em seu canal oficial no Youtube Oficina Amiga da Mulher ou presencialmente. “Com a pandemia, entre 2020 e 2021 e a escassez de eventos presenciais no setor de reparação, fornecendo informação técnica ao público, tive a ideia de fazer as duas temporada de lives “Empodera”. O objetivo foi levar informação de mecânica básica através de vídeos para as mulheres”, explica a empreendedora.

De acordo com ela, foi a partir de então que ganhou mais visibilidade das indústrias de autopeças que passaram a ver resultados do seu trabalho e a apoiar o Projeto da Oficina Amiga da Mulher e claro, as próprias oficinas começaram também a lhe procurar. “Daí passei a certificação das oficinas que antes era presencial, para 100% digital e ao vivo, e então fomos de 10 oficinas certificadas Amiga da Mulher para 70, espalhadas pelo Brasil todo” explica e comemora Barbara Brier.

Contribuição para as mulheres e para o trânsito

Sua missão é empoderar mulheres motoristas quanto a manutenção dos seus carros. Além disso, envolver as oficinas mecânicas na luta pelos direitos das mulheres e da equidade de gênero. E, assim, ajudar essas empresas a oferecerem às suas clientes um ambiente de igualdade. Também pautado no respeito, na transparência, na confiança e na excelência do atendimento.

Já conhecida e reconhecida no setor da reparação com treinamentos, Bárbara impactou mais de 600 mulheres. Ela aborda temas como motor, suspensão, direção, freios, carga e partida, sistema de arrefecimento, lubrificação, alimentação de ar e combustível. Além, claro, de um dos procedimentos mais comuns: conhecimento sobre características de pneus e sua troca.

“Quando um carro está com a manutenção em dia, com um motorista ou um condutor – seja homem ou mulher, que sabe identificar os problemas de seu veículo ou até pequenas verificações, contribui para que esse carro não pare subitamente. Dessa forma, evita-se o transtorno em vias, estradas e o tumulto no trânsito da cidade”, ressalta e finaliza.

Perfil

Barbara Brier fundou em 2017, a Oficina Amiga da Mulher. Foto: Arquivo Pessoal.

Barbara atua há de 10 anos no mercado automotivo – reparação, dedicando a maior parte do tempo à área de educação corporativa. Ela ainda trabalhou na Fiat Chrysler Automobiles como líder de projeto na gestão e desenvolvimento de treinamentos técnicos para a rede de concessionárias Fiat, Chrysler, Jeep, Dodge e Ram.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *