Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

23 de julho de 2024

Frente parlamentar promove evento em apoio ao Maio Amarelo


Por Mariana Czerwonka Publicado 26/05/2014 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h12
Ouvir: 00:00

Apoio ao Maio AmareloA Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro promove, nesta terça-feira (27), na Câmara dos Deputados, uma reunião de trabalho em apoio ao Maio Amarelo, movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. No Brasil morrem por ano mais de 44 mil pessoas, o que dá um saldo de 122 mortos por dia ou 5 mortos a cada hora.

O objetivo do evento é ouvir órgãos governamentais e discutir o tema “Brasil – Três anos da Década de Ação pela Segurança no Trânsito/Maio Amarelo – Resultados e Perspectivas”. Foram convidados representantes do Denatran e dos Ministérios da Saúde, Cidades, Transportes e Justiça, que deverão expor dados e estatísticas acerca da violência no trânsito, bem como ações realizadas e previstas para redução desses números.

O presidente da frente parlamentar, deputado Hugo Leal (Pros-RJ), espera que os dados apresentados na reunião de trabalho “sirvam de norte para que o poder público e a sociedade civil possam se debruçar sobre o assunto e rever o que foi feito de positivo ao longo dos três anos em relação ao trânsito e às campanhas educativas e preventivas. Assim será possível melhorar o que deu certo e começar a fazer o que ainda não foi feito”.

A reunião da frente parlamentar começa às 9 horas, no plenário 2.

Maio Amarelo
O Maio Amarelo foi criado para fortalecer o compromisso assumido pelo Brasil com a Década de Ação pela Segurança no Trânsito, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), que pretende reduzir em 50% a violência nas ruas e estradas de todo o mundo. Sua principal proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo.

O objetivo do movimento é promover ações coordenadas entre o poder público e a sociedade civil para colocar em pauta o tema segurança viária. A escolha pelo mês de maio justifica-se por se tratar de um mês histórico para a segurança no trânsito e um marco mundial para o balanço das ações realizadas em todo o mundo.

Foi em maio que a ONU decretou a Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020), que tem como meta a redução de 50% dos acidentes no Brasil e no mundo. Também é realizada em maio, desde 2013, a Semana Mundial de Segurança do Pedestre. O amarelo é em alusão à sinalização de advertência, que também simboliza atenção.

Com informações da Agência Câmara

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *