Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

16 de julho de 2024

Governo do PR apresenta projeto de redução de vítimas no trânsito


Por Mariana Czerwonka Publicado 06/11/2016 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h32
Ouvir: 00:00
Detran_ParanáO Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde apresentaram pelo Sistema de Videoconferência o “Projeto Vida no Trânsito” para Ciretrans nos municípios de Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Maringá, Cascavel, Paranavaí e Jacarezinho. Foto: Rafaela Fiala – Detran/PR

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e a Secretaria de Estado da Saúde apresentaram, pelo Sistema de Videoconferência, o “Projeto Vida no Trânsito” para Ciretrans nos municípios de Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Maringá, Cascavel, Paranavaí e Jacarezinho.

Além de explicar o funcionamento e os resultados alcançados na busca pela redução de mortes e lesões graves em acidentes de trânsito, os representantes do projeto convidaram os participantes para serem colaboradores das ações.

“O Detran acredita que manter os investimentos e a integração entre o Estado e a sociedade organizada nos próximos dez anos pode trazer resultados significativos para o trânsito. O Sistema de Videoconferência tem sido um ótimo meio para executarmos as atividades de educação que poderão beneficiar as futuras gerações”, afirma o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Segundo a representante da Secretaria da Saúde e integrante do projeto, Júlia Cordellini, a ideia do encontro foi expandir o “Vida no Trânsito” de forma intersetorial.

“A parceria com o Detran, que ocorre desde 2011, é de boa qualidade e integração. Queremos capacitar gestores de cada município para aplicar sua intervenção focada em estudos que considerem as necessidades reais dos municípios”, explica ela.

Para a coordenadora de Educação do Projeto em São José dos Pinhais e especialista em Gestão e Segurança no Trânsito, Josiane Inacio Arruda, a conquista de resultados expressivos depende de boas parcerias.

“Sozinho a gente não faz nada. O Estado tem nos trazido uma contribuição, e isso fortalece as ações locais a serem realizadas. Essa é uma chance de difundir essa cultura de segurança no trânsito para atingir objetivo maior de reduzir 50% dos acidentes de trânsito”.

Participantes

Além do diretor-geral do Detran, fizeram parte da apresentação do projeto o vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, Mauro Gil; representantes da Secretaria de Saúde, Julia Cordelini, Emerson Peres; a coordenadora da Educação para o Trânsito do Semuttran, Josiane Inácio Arruda; o professor de Engenharia Civil da UFPR, Jorge Tiago Bastos; psicóloga Mariana Ribeiro Franzoloso; psicólogo da coordenadoria de Programas Educativos de Trânsito do Detran, Fabiano Xisto Correia e os coordenadores do Projeto no Detran Leonardo Napoli e SESA Tânia Mascarenhas.

Sobre o projeto

O projeto foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), onde os 10 países com os maiores índices de mortes no trânsito são parceiros da iniciativa: Rússia, Turquia, China, Egito, Índia, Camboja, Quênia, México, Vietnã e Brasil.

No Paraná, o objetivo do projeto é subsidiar gestores no fortalecimento de Políticas de Prevenção de Lesões e Mortes no trânsito, por meio da qualificação, planejamento, monitoramento, acompanhamento e avaliação das ações.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *