Notícias

Notícias

Dicas para a segurança de ciclistas no trânsito 

Dicas para a segurança de ciclistas no trânsito
A proposta ainda será analisada, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Quem opta pela bicicleta como meio de transporte nas cidades precisa estar atento às leis. Isso facilita o trânsito e evita acidentes. Muitas pessoas têm medo de pedalar, pois não se sentem seguras quanto ao trânsito. Porém, é preciso saber que muito da segurança no trânsito depende das atitudes que tomamos. Se o ciclista seguir umas poucas regras básicas, o risco de acidente cai praticamente a zero. Sempre haverá possibilidade de alguma tensão ou conflito, mas será bem mais difícil a ocorrência de um acidente. O importante é você entender que, enquanto pedala e conduz a bicicleta, você é um ciclista, e não um motorista ou motociclista. Bicicleta acelera, mantém a velocidade e desacelera de uma maneira completamente diferente de qualquer veículo motorizado. Por causa disto, a relação do ciclista com o trânsito tem suas particularidades que precisam ser respeitadas. A maioria dos acidentes com ciclistas é causada por ele mesmo. Quase todos os acidentes têm responsabilidade direta ou indireta do próprio condutor; por distração, desrespeito à sinalização, falha mecânica, erro de cálculo, falta de bom senso. Deixar a bicicleta com a manutenção sempre em dia também é uma forma de evitar prejuízos maiores. Dicas para os ciclistas – Seja educado; – Obedeça as leis de trânsito; – Sempre sinalize suas intenções; – Use roupas claras ou chamativas; – Mantenha os refletores limpos; – Evite ruas e avenidas movimentadas; – Mantenha-se à direita e na mão de direção; – Não faça zig-zag: procure pedalar mantendo uma linha reta; – Aprenda a ouvir o trânsito. O que você não deve fazer – Nunca pedale na contra-mão, a não ser que esteja sinalizado; – Não pedale onde o motorista não o pode ver; – Nunca entre com tudo nos cruzamentos, esquinas ou saídas de estacionamentos; – Nunca force uma situação contra um carro, moto ou ônibus; – Não pedale muito próximo do meio fio; – Não fique olhando para trás o tempo todo, somente o tempo necessário para perceber o trânsito no caso de necessidade de mudança de direção ou faixa. Preocupe-se com o que vem pela frente; – Não use fone de ouvido. Fonte: Diário de Guarapuava

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *