Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Dilma pede estudo sobre a viabilidade de carro elétrico no País


Por Mariana Czerwonka Publicado 04/10/2011 às 03h00 Atualizado 10/11/2022 às 18h47
Ouvir: 00:00

Em entrevista concedida no último sábado, o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, revelou que a presidente Dilma Rousseff solicitou um estudo sobre a viabilidade da participação de carros elétricos na matriz de transporte do Brasil. Durante um anúncio de uma nova fábrica da Nissan no Rio de Janeiro, o ministro disse que ainda não há decisão oficial de governo, mas confirmou que Itaipu já vem realizando estudos. Agora, com o estreitamento nas relações com a Renault/Nissan, que investe fortemente em veículos elétricos, o Brasil pode tirar proveito para implantar tais tecnologias no País, com a possível implantação de um projeto piloto para desenvolver carros desse tipo. “Nossa matriz energética é renovável e o etanol é um êxito como fonte de energia. O carro elétrico ajuda a reduzir emissões nas cidades, mas depende da fonte de energia utilizada. Quem utiliza carvão, acaba emitindo mais carbono”, comparou o ministro, que completou dizendo que o Brasil está “ampliando fortemente” sua matriz hidrelétrica e eólica. Atualmente, o Brasil é o quarto maior mercado consumidor de automóveis do mundo, perdendo apenas para Estados Unidos, China e Japão. “Acredito que os investimentos são uma relação de valor recíproco: uma grande marca de um lado e do outro, a grande marca Brasil”, completou o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Fonte: Quatro Rodas

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *