Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Governo de SP começa a notificar proprietários de veículos com IPVA em atraso

Em São Paulo, mais de 639 mil veículos estão com IPVA em atraso.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 28/03/2024 às 18h00
Ouvir: 00:00
IPVA em atraso
A notificação para quem está com o IPVA em atraso aconteceu pelo Diário Oficial do Estado. Foto: Pixabay

Na região de São Paulo, 639 mil veículos não efetuaram o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).  A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz-SP) revelou que os débitos somam R$ 675.997.955,26 e abrangem o IPVA de 2021, 2022, 2023 e 2024 – neste último caso, referentes aos automóveis cujos proprietários não quitaram o imposto integralmente em janeiro ou fevereiro ou não optaram pelo parcelamento.

A notificação aconteceu pelo Diário Oficial do Estado com a identificação do proprietário, veículo, valores do imposto, da multa incidente e dos juros por mora. O débito não quitado no prazo de 30 dias ou para o qual não for apresentada defesa no mesmo prazo será inscrito em Dívida Ativa e os nomes do proprietário e do responsável solidário, se houver, serão incluídos no CADIN Estadual e na Dívida Ativa do Estado de São Paulo. A administração do débito inscrito em dívida ativa é transferida à Procuradoria Geral do Estado (PGE), que poderá iniciar o procedimento de execução judicial.

Como fazer o pagamento facilitado do IPVA?

Uma das opções é consultar todos os valores em aberto, seja com documentação assim como multas. E, assim, fazer um parcelamento junto às empresas que oferecem esse serviço, como é o caso da Zignet.

“Seja pelo site da empresa ou pelo aplicativo, o usuário tem as opções para escolher a que melhor se encaixa em sua realidade. Tudo de forma rápida e muito segura”, conta o sócio fundador da Zignet, Paulo Loffreda.

Na instituição de pagamentos, seja pelo site ou pelo aplicativo ZigAuto, o usuário pode optar por um parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito, ainda tendo o desconto de 3% da cota única que é ofertada em São Paulo para os condutores que pagam o IPVA em uma única parcela.

E se o veículo estiver com mais de um IPVA atrasado?

“Nesse caso, pode ser que o proprietário esteja inserido na Dívida Ativa e o recomendado é que o condutor acesse o site da Secretaria da Fazenda do estado no qual o veículo está cadastrado para confirmar”, conta Loffreda.

Havendo a confirmação, basta imprimir o boleto e quitar. No site da Zignet, na aba parcelamento de boletos, também é possível dividir esse valor. Assim o condutor regulariza a situação do carro ou moto e não estoura o orçamento.

Ter o nome inscrito na Dívida Ativa do Estado implica em algumas consequências, como, por exemplo, a dificuldade em obter financiamentos e prestar concursos públicos. Lembre-se de sempre manter a documentação regularizada, assim como a CNH para evitar débitos não programados.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *