Trending News

Notícias

Notícias

Fluxo de veículos leves recua 1,1% em rodovias com pedágio 

Fluxo de veículos leves recua 1,1% em rodovias com pedágio

O fluxo de veículos leves em rodovias com pedágio recuou 1,1% em outubro, na comparação com o nono mês do ano, considerando dados dessazonalizados, conforme aponta levantamento da ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias), divulgado nesta sexta-feira (9).

Houve queda no fluxo geral de veículos, de 0,3% e o fluxo de pesados voltou a crescer, atingindo a marca de 1,4% durante este mesmo período. O desempenho dos pesados está mais ligado ao impacto dos bens de consumo duráveis do que a produção agrícola neste mês.

No ano, a alta do fluxo de veículos foi de 5,6%

O economista da Tendências Consultoria Integrada, Rafael Bacciotti, comenta que “o fim da redução do IPI para automóveis, linha branca e móveis, que acabou não acontecendo, pois o desconto foi prorrogado, provocou uma antecipação do consumo”. Mas, no próximo mês, ainda segundo o economista, “é possível que passemos por um período de ressaca no setor”.

Aumento em um ano

Em relação ao mesmo período de 2011, o índice total apresentou elevação de 5,6%. O fluxo de veículos leves cresceu 5,2% e o de pesados avançou 6,4%. No acumulados dos últimos 12 meses, o fluxo total teve expansão de 4,4%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de leves cresceu 4,9% e o de pesados, 3,0%.

São Paulo e Rio de Janeiro
No Estado de São Paulo, a queda foi de 0,5% em outubro, sobre setembro de 2012, considerando os ajustes sazonais. Os leves caíram 1,8%, já os pesados subiram 1,7%, neste período. Comparando outubro de 2012 sobre outubro de 2011, o índice geral subiu 5,2%. O movimento dos leves aumentou 4,6% e dos pesados 6,5%.
Nos últimos doze meses, o indicador da ABCR avançou 3,8% no total. O fluxo de leves cresceu 4,4% e o de pesados 2,2% no mesmo período. Já no Rio, o movimento nas estradas pedagiadas subiu de 0,9% no fluxo total de veículos em outubro sobre setembro de 2012, considerando os ajustes sazonais. Nesta mesma base comparativa, o movimento dos leves cresceu 0,4% e o de pesados 2,4%.

Na relação entre outubro de 2012 e o mesmo mês do ano passado, o índice geral cresceu 5,5%. O movimento dos leves teve alta de 5,0% e o de pesados 7,3% no período. Já o acumulado dos últimos doze meses, o indicador apresentou crescimento no total de 4,4%. O fluxo de leves subiu 4,7% e o de pesados 3,2%.

Fonte: Infomoney

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *