Notícias

Notícias

Itens de segurança serão obrigatórios a partir do ano que vem 

A partir do ano que vem, conforme as resoluções 380/2011 e nº 311/2009 do Conselho Nacional de trânsito (CONTRAN), todos os veículos brasileiros deverão ter, obrigatoriamente, dois itens de segurança: os airbags e os freios ABS. A resolução busca trazer mais segurança aos veículos brasileiros. Segundo estudo da Latin NCAP (Programa de avaliação de carros novos da América Latina), que testa a segurança dos veículos com testes de colisão, alguns dos veículos vendidos no mercado brasileiro – e em outros mercados da América Latina – estão 20 anos atrasados em relação aos automóveis europeus e norte-americanos, no quesito segurança. “São dois itens muito importantes. Os carros de hoje apresentam avanços tecnológicos muito grandes, mas é necessário, também, avançar em segurança. Os freios ABS melhoram na funcionalidade e os airbags, de forma complementar ao cinto de segurança, se tornam mais uma ferramenta para salvar vidas”, avalia Hélio Aveiro, vice-presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Distrito Federal – SINCODIV/DF. Muitas pessoas sabem da existência destes equipamentos que ajudam na segurança ativa e passiva do veículo, mas, nem sempre, sabem como é o funcionamento e como estes itens ajudam ao motorista e aos passageiros. Segurança ativa é aquela em que se procura minimizar as possibilidades de um acidente: pneus em bom estado, boa visibilidade, suspensão em boas condições e etc. Os freios ABS se enquadram neste tipo de segurança pelo fato de auxiliarem na parada do veículo. Já a segurança passiva é aquela em que procura minimizar os efeitos de uma situação em que o acidente seja inevitável. Os airbags fazem parte deste tipo de segurança. Funcionamento – Os freios ABS (do inglês Antilock Breaking System ou Sistema de Frenagem Antitravamento) é um sistema de segurança que impede o bloqueio das rodas em uma frenagem de emergência. Isso evita que o motorista perca o controle em uma situação de pista molhada ou com óleo, por exemplo. Muitos motoristas se assustam na hora de frenagens de emergência: ao pisar forte no pedal, sente-se uma trepidação e isso induz muitos motoristas a soltarem o freio. “A trepidação do pedal é normal e indica o funcionamento perfeito do sistema antitravamento dos freios. Não se deve aliviar a pressão no pedal”, explica Aveiro. Os airbags são bolsas de ar infláveis que complementam o cinto de segurança e, em caso de impacto, são enchidas em frações de segundo. As bolsas obrigatórias serão apenas as frontais. Mas existem outros tipos de airbags como o para os joelhos; os sidebags (laterais) e até para pedestres. Não é em qualquer tipo de colisão que os airbags são acionados: isto depende da desaceleração do veículo, do ângulo de colisão e do risco de lesão. O airbag pode causar lesões sérias por sua alta velocidade de acionamento. Por isso é importante não dirigir muito próximo do volante, manter os braços em posição correta no volante – sempre no aro, nunca na parte central – e, para os passageiros, jamais andar com os pés apoiados em cima do painel. É importante que crianças e animais não andem no colo do passageiro no banco da frente. Em caso de acidente, as lesões poderão ser agravadas. Fonte: Incorporativa

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Curso de Reciclagem CNH Tecnodata