• Tecnodata Reciclagem CNH

Notícias

Notícias

Limpador de para-brisa é item fácil de manutenção 

Chovendo ou não, um dos itens mais importantes do carro para manter a segurança do motorista e passageiros é o limpador de para brisa. Composto por itens como motor, braço e palheta, o sistema dificilmente apresenta defeito. Ele é dotado de muita robustez. A palheta é o único componente que apresenta desgaste intenso. Em 90% dos casos, o problema é com a borracha. A peça deve ser trocada a cada três meses. A substituição vai depender das condições de uso. Por exemplo, forte calor e sujeira, levam a borracha a sofrer desgaste mais rapidamente. No entanto, é muito difícil esse “item” durar mais de um ano. Este “Caderno de Veículos” recomenda: fique atento aos sinais de desgaste. A palheta deixa de limpar o para-brisa adequadamente e a borracha, em atrito com o vidro, começa a fazer um barulho constante e muito desagradável. Para evitar maiores problemas e incômodos, oferecemos a você, leitor, algumas DICAS para aumentar a durabilidade da borracha, senão vejamos: limpe a “borracha” uma vez por semana com pano úmido e detergente neutro. Se for deixar o automóvel muito tempo “parado”, afaste a borracha do vidro (para-brisa). Adicione sempre à água do reservatório do lavador, um produto detergente apropriado para limpar o para-brisa. Isso aumenta a durabilidade da palheta em pelo menos 20%. Vale salientar, que esse tipo de detergente (denominado limpa para-brisas) tem de ser o recomendado pelo fabricante e constar no manual do proprietário do veículo. Ele lubrifica a palheta e limpa o vidro. Atenção: braço e motor do limpador de para-brisa não costumam sofrer desgaste acentuado. O braço pode até quebrar, mas somente em caso de acidente ou vandalismo. Fonte: Tribuna do Norte

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *