Notícias

Notícias

Metade dos europeus manuseia smartphone ao volante 

Europeus usam smartphone ao volante

Praticamente a metade dos motoristas de países como Alemanha, Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália e Rússia checa textos ao volante, no smartphone. Admitiram o hábito 48% dos condutores entrevistados em um estudo realizado pela Ford em diversos países europeus.

Na Itália esse índice foi de 61%, enquanto na Rússia foi de 55%, na França e na Alemanha foi de 49%, na Espanha foi de 40% e na Grã Bretanha, 33%. Foram entrevistadas 5.500 pessoas. Mesmo sendo um hábito comum, quase todos os motoristas (95%) concordam que ler textos no trânsito é perigoso e afeta a segurança ao dirigir.

Pelo menos a metade diz acreditar que a sua capacidade de resposta é 50% mais lenta ao ler mensagens no celular. “Os smartphones se tornaram rapidamente uma parte essencial na rotina de muitas pessoas”, afirma Christof Kellerwessel, engenheiro-chefe de Engenharia de Sistemas Elétricos e Eletrônicos da Ford.

O levantamento realizado pela Ford faz parte da preparação para o lançamento do seu sistema Sync, que pode transformar mensagens de texto em voz e também permite ao motorista enviar uma resposta, selecionada dentro de uma lista de opções. “Como as mensagens de texto podem distrair os motoristas, é óbvio o benefício de um sistema capaz de transformar em voz as mensagens de texto dos smartphones.”

Seu recurso de leitura de texto, desenvolvido pela Microsoft, acessa mensagens por comando de voz, usando a conexão Bluetooth de smartphones compatíveis.

O Sync equipa hoje mais de 4 milhões de veículos Ford nos EUA e a expectativa é que até 2015 outros 3,5 milhões de veículos novos na Europa tenham o equipamento. No Brasil ele é oferecido nos modelos Fusion, Edge e New Fiesta.

Fonte: Interpress Motor


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *