Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

14 de julho de 2024

Ministro da Justiça lança ‘Campanha Nacional Rodovida’


Por Mariana Czerwonka Publicado 16/12/2012 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h54
Ouvir: 00:00

Objetivo é intensificar fiscalização em estradas durante festas de fim de ano. Para José Cardozo, meta principal é combater a embriaguez ao volante

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, lançou, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a Campanha Nacional Rodovida, cujo objetivo é intensificar as fiscalizações nas estradas durante as festas de dim de ano até o carnaval. Na tarde deste sábado (15), no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma blitz tinha o propósito de esclarecer motoristas e dar dicas sobre segurança no trânsito.

Cardozo ajudou a divulgar as medidas redução de acidentes na BR-381. A fiscalização vai se intensificada nos 100 trechos mais perigosos das rodovias do país, que respondem por 11% das mortes no trânsito. A meta é combater, sobretudo, a embriaguez ao volante.

Em 2011, mais de 27 mil motoristas foram flagrados dirigindo bêbados nas estradas federais brasileiras. “Temos muitos jovens, muitas famílias que são destruídas por acidentes. Portanto é hora de nós estarmos conscientizando a sociedade, lutando para que as pessoas não bebam e dirijam, para que as pessoas andem na velocidade adequada, para que não façam ultrapassagens em lugares proibidos”, disse o ministro.

“Mais de 90% dos nossos acidentes são causados por falha humana, pela negligência, pela imprudência ou pela imperícia. Dirigir e beber, mais do que uma conduta irresponsável, é um crime. E o motorista tem que entender isso, antes que ele leve a culpa de ter matado uma família, uma culpa de ter perdido um ente querido, envolvendo-se em um acidente no trânsito”, disse Fabiano Moreno, assessor da PRF.

De janeiro a setembro de 2012, somente na BR-381, entre Contagem e Betim, foram 863 acidentes com 12 mortos. Outro ponto de risco da rodovia está entre os quilômetros 490 e 500, onde aconteceram 789 acidentes com 13 vítimas.

Fonte: G1 Notícias

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *