Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de fevereiro de 2024

As motos são obrigadas a circularem com os faróis acesos o dia inteiro. Você sabe o motivo?


Por Mariana Czerwonka Publicado 13/03/2017 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h29
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Farol ligado nas motocicletaApesar de obrigatório, muitos motociclistas não entendem o motivo dessa norma.

De acordo com o Art.244 do Código de Trânsito Brasileiro, condutor de motocicleta, motoneta e ciclomotor que transitar com os faróis do veículo apagado está cometendo uma infração gravíssima com multa de R$ 293,47, passível de recolhimento da CNH e suspensão do direito de dirigir.

Apesar de obrigatório, muitos motociclistas não entendem o motivo dessa norma. De acordo com especialistas, como o veículo é menor e mais ágil, a luz acesa permite a visualização da moto de uma distância maior.

“Transitar com o farol ligado deixa o veículo mais visível para pedestres e demais veículos. É uma questão de segurança”, afirma Celso Alves Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito.

Como a maioria das motos liga automaticamente os faróis quando é dada a partida do veículo, é difícil encontrar quem infringe a lei.“De qualquer forma, o motociclista deve estar atento ao funcionamento adequado de todo sistema de iluminação do veículo”, explica o especialista.

Além das motocicletas, os veículos de transporte coletivo também devem transitar com os faróis ligados, mesmo durante o dia. “Para os demais veículos, é obrigatório usar a luz baixa, de dia, nos túneis e rodovias”, conclui Mariano.

 

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *