Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de julho de 2024

Concessionária alerta sobre o aumento das queimadas às margens das rodovias

Como forma de prevenir acidentes na rodovia, a concessionária alerta para os prejuízos ao meio ambiente e os riscos à segurança viária que as queimadas trazem.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 25/06/2024 às 11h30
Ouvir: 00:00
Queimadas nas rodovias
Para evitar queimadas nas rodovias, é fundamental que os usuários e os moradores das áreas adjacentes adotem comportamentos responsáveis. Foto: Divulgação Via Nascentes

Entre janeiro e maio de 2024, a Via Nascentes registrou 48 focos de queimadas ao longo dos 371,4 quilômetros de rodovias que compõem o Sistema MG-050/BR-265/BR-491. O número é 62% maior em comparação com as 30 ocorrências registradas no mesmo período do ano passado. Como forma de prevenir acidentes na rodovia, a concessionária alerta para os prejuízos ao meio ambiente e os riscos à segurança viária que as queimadas trazem.

Os incêndios causam sérios danos ambientais e comprometem a segurança dos motoristas, pois a fumaça reduz a visibilidade, criando um cenário propenso a acidentes. Para combater este problema, a concessionária conta com o apoio técnico da equipe de operações e conservação, além de um Plano de Prevenção e Combate a Incêndios. Este plano inclui ações como controle de focos com caminhões-pipa, abafadores e bombas costais, implantação e manutenção de aceiros durante os períodos de estiagem, e roçada da vegetação em todo o trecho sob concessão ao longo do ano.

Para o combate aos focos de incêndio, a Via Nascentes apoia as operações e realiza a sinalização necessária. Assim, colaborando com o trabalho da Polícia Militar Rodoviária e do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, que são acionados imediatamente diante de ocorrências dessa natureza.

Segundo Bruno Novais, coordenador de meio ambiente da Via Nascentes, as consequências das queimadas são prejudiciais tanto ao meio ambiente quanto à saúde humana.

“Diretamente, as queimadas causam destruição ambiental nos biomas afetados, reduzem a cobertura vegetal, diminuem a fertilidade do solo, comprometem a qualidade do ar e prejudicam a saúde da população. Além disso, elas provocam o deslocamento de animais para a pista, e a fumaça reduz a visibilidade, o que representa um importante risco de acidentes”, destacou.

Como evitar?

Para evitar focos de incêndio nas margens das rodovias, é fundamental que os usuários e os moradores das áreas adjacentes adotem comportamentos responsáveis. Portanto, orienta-se a não jogar bitucas de cigarro ou lixo na pista ou nas faixas de domínio. Além disso, evitar queimar lixo, não fazer fogueiras e não soltar balões.

Em caso de avistamento de foco de incêndio, a população deve:

  • Ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros (193) e, se o incêndio ocorrer na rodovia atendida pela Via Nascentes ligar para o nosso canal de atendimento (0800 282 0505), informando sobre a ocorrência;
  • Fechar os vidros do veículo;
  • Manter distância segura do veículo à frente;
  • Circular com farol baixo aceso;
  • Não acionar o pisca-alerta enquanto o veículo estiver em movimento;
  • Não parar na faixa de rolamento.

Contribuindo para a preservação do patrimônio cultural e ambiental, os usuários das vias colaboram para o bem-estar de toda a comunidade.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *