Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Padronização de faixas promete diminuir acidentes com pedestres


Por Mariana Czerwonka Publicado 11/06/2014 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h10
Ouvir: 00:00

Travessia elevada para pedestresA medida adotada pelo Conselho Nacional de Trânsito publicada ontem (09) no Diário Oficial da União espera reduzir o número de acidentes em faixas de pedestres. Com a regulamentação, tudo será padronizado, a altura será a mesma da calçada, a rampa por onde passa o carro será levemente inclinada e faixas amarelas devem chamar mais atenção.

Esse modelo foi inspirado nas faixas utilizadas em vários locais espalhados pelo mundo, onde a utilização de faixas elevadas diminuíram o número de acidentes envolvendo pedestres.

Conforme a resolução, do órgão de trânsito deve adotar as providências necessárias. ” Ela foi publicada ontem (9), no Diário Oficial da União, e temos um prazo de 360 dias para fazer essas alterações (remoção, adequação…).

Segundo especialistas essas faixas elevadas facilitam a visibilidade do pedestre, na hora em que o motorista estiver trafegando. Com a regulamentação, elas só serão colocadas em vias onde a velocidade permitida não exceda 40km/h.  Na normativa do conselho as outras faixas que estiverem fora do padrão devem ser alteradas até junho de 2015.

E segundo o Código Nacional de Trânsito aquele que não der preferência para o pedestre atravessar na faixa, sofrerá penalidade considerada gravíssima, com multa que chega a 7 pontos na carteira.

Fonte: O Correio News

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *