Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

13 de julho de 2024

Multa na faixa de ônibus na marginal começa no dia 24


Por Mariana Czerwonka Publicado 17/06/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h37
Ouvir: 00:00

Trajeto exclusivo para ônibus começou nesta segunda e vai funcionar das 6h às 9h

A multa leve de R$ 53,20 e três pontos na carteira para motoristas que invadirem as novas faixas exclusivas de ônibus da marginal do Tietê começa a ser aplicada na próxima segunda-feira (24). O novo sistema começou a vigorar nesta segunda (17), em 12,7 km da via, uma das principais da cidade de São Paulo, mas ainda em caráter de operação assistida.

A reportagem percorreu pela manhã a faixa exclusiva que vigorou das 6h às 9h no sentido rodovia Castello Branco e notou que muitos condutores de carros e motos já respeitavam a nova restrição. À tarde, a medida vigorará no sentido oposto, das 17h às 20h. Em ambas as direções, a restrição vale na pista local, na faixa da direita, entre as pontes das Bandeiras e Aricanduva.

No total, 14 fiscais da SPTrans (São Paulo Transporte) acompanhavam as primeiras horas de funcionamento da medida. Faixas de pano alertando os motoristas estavam espalhadas pelas pontes da marginal. Além disso, placas com a restrição e a sinalização horizontal já estavam instaladas ao longo da via.

De acordo com o secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, a marginal Pinheiros e a avenida Paulista estão na lista das próximas vias a receber a faixa exclusiva de ônibus:

— Pela primeira vez, nós estamos criando uma medida corajosa, audaciosa, de dizer claramente que na cidade de São Paulo e, inclusive, nas duas marginais, nós vamos priorizar o transporte coletivo.

Na marginal do Pinheiros, ela ficará entre as pontes Cidade Jardim e João Dias, ou até a avenida Interlagos. Já no eixo da Paulista, a faixa exclusiva ocupará ainda as avenidas Doutor Arnaldo e Bernardino de Campos e a rua Domingos de Moraes.

Para o secretário, a ação visa aumentar a mobilidade dos coletivos na cidade:

— O problema na cidade de São Paulo não é a falta de ônibus, é a organização, a distribuição e a velocidade desses ônibus. Então, nós precisamos aumentar essa velocidade, sair de um patamar de 13 km/h que é hoje para pelo menos acima de 20 km/h. Quando você dobra a velocidade, você tem mais ônibus no viário e beneficia mais passageiros. Esse é o desafio da Prefeitura.

Fonte: R7 Notícias

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *