Notícias

Notícias

O carro está pegando fogo. E agora? 

Muita gente – e até especialistas no assunto – considera exagerada a obrigatoriedade do extintor de incêndio no veículo. Essa avaliação leva em conta que, diante do próprio carro pegando fogo, muitas pessoas não pensam duas vezes: saem correndo, com medo de uma explosão ou de sofrer algum ferimento provocado pelas chamas.

Além disso, não é todo mundo – pelo contrário – que sabe como usar o extintor ou se comportar diante de um princípio de incêndio no carro.

Mas agora você vai saber. Basta seguir as dicas do CESVI:

– Identificou um princípio de incêndio no veículo? Mantenha a calma. Estacione o carro num local seguro e faça com que todos os ocupantes saiam.

– Não adianta evitar o incêndio e se arriscar a um atropelamento. Por isso, sinalize a parada do carro com o triângulo.

– E agora, onde achar o extintor? Normalmente, ele fica embaixo do banco do passageiro da frente.

– O extintor tem um lacre. Remova-o. Pronto, o equipamento já pode ser usado.

– Mire no foco do incêndio e dispare. Mas sempre mantendo uma distância segura do fogo.

– Se o incêndio for maior do que a capacidade do extintor, afaste-se do veículo e chame os bombeiros.

– Mesmo que, aparentemente, o problema esteja solucionado, vale a pena ligar para 193 e chamar o Corpo de Bombeiros. Eles enviarão uma equipe para conferir se não há mais riscos ou combater novos princípios de incêndio. Os bombeiros também fornecerão um relatório técnico sobre a ocorrência (você pode precisar dele para uma solicitação de indenização junto à seguradora).

O extintor está em ordem?

Mas você tem certeza de que vai poder contar com o extintor na hora da emergência? O equipamento precisa estar em plenas condições de uso e dentro do prazo de validade – também para que você não seja multado na eventualidade de uma fiscalização.

Por isso, verifique:

– Se o indicador de pressão do extintor não está na faixa vermelha.

– Se o lacre está intacto.

– Se o equipamento tem o selo do Inmetro.

– Se o extintor está dentro do prazo de validade (que é de 5 anos).

– Se ele não está enferrujado, amassado ou apresentando outro dano importante.

Você sabia?

Os extintores obrigatórios no veículo são da categoria ABC, de uso misto, abrangendo as seguintes classificações:

Classe A: Para combater incêndios em bancos, painéis e pneus.

Classe B: Para combater incêndios do próprio combustível do veículo (álcool, gasolina e diesel).

Classe C: Para combater incêndios em partes elétricas.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, quem está sem o extintor de incêndio em plenas condições de uso deve receber multa de R$ 127,69. Trata-se de uma infração grave, que gera 5 pontos na carteira do motorista.

Fonte: CESVI BRASIL

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']