Notícias

Notícias

ONG capacita motoristas de ônibus para atender pessoas com mobilidade reduzida 

A ONG Educar para o Trânsito Educar para Vida – ETEV lançou na tarde da ultima quarta-feira (12/06), o programa ‘MOTORISTA CIDADÃO, TRANSPORTE LEGAL’ tendo como público alvo motoristas de transporte coletivo do estado da Paraíba que querem contribuir para uma relação mais harmoniosa do setor de transporte com a sociedade e de si próprio com os passageiros.

O principal objetivo do programa é aprimorar e oferecer um atendimento diferenciado aos passageiros de ônibus, em especial aqueles que tenham mobilidade reduzida (idosos, deficientes, obesos e gestantes) e contribuir assim com um transporte público de qualidade, estimulando práticas de cidadania no trânsito.

O Programa (MCTL) torna-se um grande aliado para melhorar cada vez mais a prestação do serviço de transporte público e foi elaborado pela ONG ETEV que desenvolve ações educativas para o trânsito desde 2008.

O conteúdo e metodologia aplicados durante as atividades foram elaborados a partir da experiência vivenciada no cotidiano desses profissionais do volante.

Conteúdo

– Relação interpessoal (com foco no usuário interno e externo);

– Educação no trânsito (com foco no respeito ao pedestre e ao ciclista);

– Atendimento adequado a pessoa com mobilidade reduzida (idosos, pessoas com deficiência, obesas e gestantes).

Metodologia

Os participantes do programa são estimulando a uma reflexão é nesse momento que é colocado em prática a EMPATIA (eu me colocar no lugar do outro), ou seja, além do bate papo e apresentações de slides e vídeos relacionados ao tema, os motoristas são colocados em situações em que possam sentir o que uma pessoa com mobilidade reduzida passa ao pegar um ônibus.

Nas dinâmicas utilizadas eles ficam em cadeira de roda, tem os olhos vendados e é colocado em suas pernas pesos para dificultar sua locomoção, simulando a dificuldade que um cadeirante, uma pessoa com deficiência visual e que um idoso tem no dia a dia nos transporte coletivo.

Além disso, são convidadas pessoas com mobilidade reduzida para darem seus depoimentos.

Critérios estabelecidos para adesão ao Programa

– Fazer parte do sistema de transporte coletivo (ônibus) no território brasileiro;

– O programa dever ser incluído no cronograma de cursos e capacitação da empresa semestralmente;

– Turma de no máximo de trinta motoristas (para uma melhor aprendizagem).

– Os participantes só receberão o certificado ‘MOTORISTA CIDADÃO, TRANSPORTE LEGAL’, com 100% de frequência.

Carga horária

– O conteúdo será aplicado em dois dias por turma com carga horária de seis (6) horas, sendo três (3) horas a cada dia.

A RODOVIÁRIA SANTA RITA, que opera na região metropolitana de João Pessoa, foi à primeira empresa que aderiu ao programa e nos dia 12, 13, 14 e 15 de junho, nossos voluntários e instrutores compartilharam experiências com os 127 colaboradores dessa operadora de transporte público.

Nos próximos dias outras empresas irão aderir ao programa. “Para mudar comportamento e cultura, só através da EDUCAÇÃO e quando temos motoristas educados temos um transporte de qualidade e um TRÂNSITO MAIS SEGURO E HUMANO”, finaliza Luiz Carlos, idealizador de programa.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas com ETEV pelos fones (83) 8873-2591 e 9674-2911 – E-mail: [email protected]www.ongetev.com.br


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *