Trending News

Notícias

Mobilidade

ONU declara os anos de 2021 a 2030 como a Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito 

ONU declara os anos de 2021 a 2030 como a Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito
Foto: Freeimages.com

A meta da Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito continua sendo reduzir as mortes e lesões no trânsito em pelo menos 50% no mundo inteiro.

Década de Ação pela Segurança
Foto: Freeimages.com

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou os anos de 2021 a 2030 como a Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito.

Conforme documento publicado no dia 18 de agosto, a ONU reconhece as lições aprendidas com a primeira Década, que aconteceu entre 2011 e 2020, mas percebe a necessidade de continuar promovendo uma abordagem integrada para a segurança no trânsito. “A grande maioria das mortes e ferimentos graves no trânsito são evitáveis ​​e, apesar de algumas melhorias em muitos países, incluindo em países em desenvolvimento, eles permanecem um grande problema de saúde pública e desenvolvimento que tem amplas consequências sociais e econômicas”, afirma.

Meta

A meta da Segunda Década de Ações pela Segurança no Trânsito continua sendo reduzir as mortes e lesões no trânsito em pelo menos 50% nos próximos dez anos.  “A ONU convida os Estados-Membros a continuarem a agir até 2030 em todos os objetivos de desenvolvimento sustentável relacionados à segurança no trânsito”, afirma a carta.

Além disso, a ONU incentiva os países membros a não medir esforços para garantir a segurança dos usuários das vias através de uma infraestrutura mais segura.

“Para isso, deverá ser levado em consideração as necessidades de transporte motorizado e não motorizado e outros usuários vulneráveis das vias”, reforça.

Esforços

O documento cita ainda que os governos devem continuar promovendo ações como a regulamentação de leis que garantam veículos mais seguros (obrigatoriedade de airbags, sistemas de segurança ativos e outros equipamentos de segurança). Também devem incentivar o desenvolvimento e implantação de tecnologias para melhorar a acessibilidade com atenção especial às necessidades de segurança de usuários mais vulneráveis, incluindo pedestres, ciclistas, motociclistas e usuários de transporte público.

A ONU solicita, também, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) continue monitorando, por meio de seus relatórios globais, o progresso em  relação ao cumprimento das metas da Década.

“Com esses relatórios, pretende-se divulgar os esforços existentes e tornar os dados mundiais disponíveis e comparáveis”, conclui.

Para finalizar, o documento já determina uma Reunião Geral de alto nível para o ano de 2022 em local ainda não definido.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *