Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Os acidentes de trânsito mais estúpidos da história 

Confira os acidentes mais estúpidos que já aconteceram no trânsito!


Por Accio Comunicação Publicado 04/09/2023 às 13h30 Atualizado 06/09/2023 às 16h25
Ouvir: 00:00

Acidentes de trânsito, ou sinistros, podem causar ferimentos e lesões graves ou até mesmo a morte de condutores, passageiros, pedestres e ciclistas. 

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), os tipos de acidentes de trânsito que mais ocorrem são: colisão no mesmo sentido ou transversal, saída da pista, choque com objeto fixo, capotagem e colisão frontal. 

Da mesma forma, os casos que mais tiram vidas são: colisão frontal, atropelamento e saída da pista. Portanto, é importante seguir as medidas de segurança no trânsito, pois elas visam minimizar os riscos de sinistros e, principalmente, o número de mortes. 

Agora, confira os acidentes de trânsito mais estúpidos da história: 

Briga de trânsito 

Nas ruas dos Estados Unidos, uma briga de trânsito entre os condutores de um automóvel e uma motocicleta resultou em um acidente, porém sem ferimentos graves. Confira! 

https://www.youtube.com/watch?v=vadnPhwf914

Abandono de carro 

Esse é um dos acidentes mais estúpidos da história. O veículo de trás filma o trajeto e, momentos depois, a condutora do veículo que vai à frente abandona o carro em movimento, que invade a pista contrária e causa um grave acidente de trânsito. 

Disputa no trânsito

A ultrapassagem em alta velocidade no trânsito pode ser perigosa. No entanto, algumas pessoas levam a sério a disputa, até o momento em que acontece o inesperado. 

Veículos em “levitação” 

O acidente aconteceu na China e foi provocado por um cabo de aço puxado por um caminhão de limpeza, deixando as vans levitando sobre as vias. 

Responsabilidade compartilhada 

É importante que todos os motoristas, ciclistas e pedestres tenham consciência de que a segurança no trânsito é uma responsabilidade compartilhada. Se isso fizer parte da cultura dos usuários e for praticado, as rodovias poderão se tornar lugares mais seguros.  

Gostou desse conteúdo? Deixe a sua opinião nos comentários! 

Veja também no Portal do Trânsito:

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *