Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

22 de julho de 2024

Pesquisa revela que ser motorista é uma das piores profissões


Por Agência de Notícias Publicado 13/09/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h30
Ouvir: 00:00

Uma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna.com resultou em uma lista dos dez melhores e piores empregos no Brasil. O estudo, baseado nas vagas anunciadas no site, analisou mais de 2.000 profissões.

Cada uma delas recebeu uma pontuação a partir de diferentes critérios, incluindo potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado. Os motoristas de ônibus e entregadores encabeçam o ranking dos piores trabalhos, que ainda inclui jornalismo e ser policial. Segundo o site, esses profissionais lidam com prazos apertados, baixo potencial de aumento de salário, e uma longa e cansativa jornada de trabalho. Já os engenheiros e profissionais de TI estão no topo da lista das melhores profissões, seguidos por cirurgiões e advogados.

Os motivos são a segurança no trabalho, maiores faixas salariais, podendo ultrapassar R$ 60 mil por ano, e bom desenvolvimento de carreira –segundo o site, a remuneração pode chegar a até oito vezes mais que o salário inicial. A pesquisa também indicou quais são as profissões mais e menos promissoras. De acordo com o estudo, profissionais de TI e engenharia têm as melhores previsões graças aos desenvolvimento do mercado brasileiro. Nessas categorias, os desenvolvedores de web lideram esse ranking. Já na lista de carreiras menos promissoras, recepcionistas e bibliotecários de destacam.

Fonte: F5

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *