Notícias

Notícias

Por ano, quase mil placas de trânsito são destruídas ou roubadas 

Mais de 900 placas de sinalização de veículos são roubadas ou danificadas, por ano, na cidade do Recife. De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), as placas destruídas causam um prejuízo anual de R$ 180 mil. Além do problema dos custos para a cidade, que precisa pagar, por exemplo, R$ 80 numa placa de estacionamento, os motoristas sofrem com a ação de vândalos, com a falta de orientação nas vias. O maior número de casos de danos a placas acontece no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Lá também é onde funciona uma fábrica que produz as sinalizações da capital pernambucana. Quase metade das placas que são feitas para a reposição vão para áreas de Zona Azul, onde o alvo principal dos vândalos são as vagas para pessoas com deficiência e para idosos. Para devolver à rua uma placa restaurada e com suporte, a CTTU gasta R$ 170. O gerente de fiscalização gráfica da CTTU afirma que a reposição precisa ser rápida. “O código de trânsito exige a reposição imediata das placas. Para isso, a gente conta com a ajuda da própria população, que nos avisa, e de nossa fiscalização. Quando a gente não percebe ou a população não avisa, há o risco de ficar sem sinalização por mais algum tempo, até que a gente consiga repor”, disse. Quem quiser denunciar o vandalismo pode ligar para o telefone gratuito disponibilizado pela CTTU: 0800 081 10 78. Fonte: Globo.com

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *