Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

PRF reforçará fiscalização em locais de incidência de acidentes graves


Por Assessoria de Imprensa Publicado 20/04/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h11
Ouvir: 00:00

Durante a Operação Tiradentes 2022 haverá aumento da fiscalização em pontos estratégicos nos horários de maior incidência de acidentes graves.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), seguindo o mesmo padrão de todos os feriados nacionais, reforçará as ações de policiamento e fiscalização em locais de incidência de acidentes graves também no feriado de Tiradentes, comemorado anualmente no dia 21 de abril. A Operação Tiradentes 2022 iniciará às 00h01min do dia 21 de abril e se estenderá até às 23h59min do dia 24 de abril de 2022.

O objetivo é não só garantir a segurança viária, em especial na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, como também combater a criminalidade nas rodovias federais.

Mais do que aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais, os policiais estarão localizados em pontos estratégicos, nos horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Esses pontos são identificados de acordo com as estatísticas e análise da gestão local para garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez no trânsito. Além disso, a PRF segue com a missão de prender criminosos, recuperar veículos roubados e retirar armas ilegais, drogas e outras mercadorias ilícitas de circulação.

Este ano, celebra-se o dia de Tiradentes em uma quinta-feira, e isso possibilita a ocorrência de um feriado prolongado. Tendo em vista que, historicamente, há um aumento relevante do fluxo de veículos nas rodovias federais – fator que contribui para o aumento da violência no trânsito – os policiais farão ações de prevenção para as condutas de risco dos condutores, como ultrapassagem indevida, embriaguez ao volante e não utilização do cinto de segurança.

Carnaval 2022

Em virtude dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí e na Intendente Magalhães, a PRF também estará atenta às rodovias federais da região metropolitana do Rio de Janeiro (RJ) e nas divisas do estado. As ações visam monitorar o fluxo de veículos, reforçando o policiamento no combate ao crime e na prevenção de acidentes para garantir a segurança viária de quem deseja se deslocar pelas rodovias federais para curtir a festa.

Restrições de tráfego

Neste feriado não haverá restrição de veículos de carga com dimensões ou pesos excedentes. Em todos os estados brasileiros, os veículos poderão circular livremente, todos os dias, a qualquer hora.


Leia também:

Baixa visibilidade em rodovias: veja como agir! 

Dicas de segurança

– Não esqueça a cadeirinha, no caso de transporte de crianças;

– Observe as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Elas não foram colocadas naquele ponto da rodovia sem motivo. Nos trechos em obras, por exemplo, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Os condutores também devem redobrar a atenção em cruzamentos, bem como em áreas urbanas. Além disso, jamais deve desviar a atenção do trânsito;

– Se não possuir CNH ou estiver com o documento suspenso ou ainda se fez uso de bebida alcoólica, não dirija. Nestes casos, pense em utilizar transportes alternativos como os carros de aplicativos, táxis, ônibus;

– Confira se todas as taxas do veículo foram pagas. Somente dessa forma ele estará com o licenciamento em dia e terá autorização para seguir viagem.

Essas pequenas condutas, além de evitarem multas, podem salvar vidas e tornar a viagem ainda mais segura e tranquila.

“Muitos são os fatores que podem contribuir para acidentes graves e muitas vezes fatais. Ou seja, um segundo de desatenção é o suficiente para acarretar graves consequências para condutores, passageiros e pedestres”, alerta o órgão.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *