Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Retrovisor auxilia motorista contra os pontos cegos


Por Talita Inaba Publicado 19/07/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h34
Ouvir: 00:00

Presentes em todos os automóveis, os chamados pontos cegos do retrovisor exige atenção redobrada dos motoristas, principalmente nas ultrapassagens. Uma tecnologia implantada em carros da Volkswagen, o Side Assist, auxilia quem está dirigindo a evitar manobras arriscadas ao perceber a aproximação de outros veículos. Todos os automóveis possuem pontos cegos e os riscos de acidentes variam de acordo com o número e o tamanho desses pontos. Parte dos acidentes envolvendo veículos, pedestres, motocicletas e bicicletas, além de objetos imóveis, ocorre porque, em determinado momento, um desses elementos se encontra na trajetória de um veículo, mas fora do alcance de visão do motorista. Localizam-se numa área de não-visibilidade, o popular ponto cego. O Side Assist monitora os pontos cegos. Em velocidades superiores a 60km/h, sensores de radar monitoram as áreas laterais e traseiras do veículo. LEDs nos retrovisores externos avisam a aproximação de um veículo na traseira. O sistema leva em conta a velocidade dos dois veículos e apenas alerta o motorista para os que realmente podem representar um risco em caso de mudança de faixa. Se o condutor tentar mudar, o Side Assist começa a piscar para alertá-lo. Por enquanto, este sistema é encontrado na linha Passat, Touareg e Tiguan. Regulagem espelhos O motorista deve estar atento para a regulagem dos três retrovisores – os dois laterais e o interno – ainda o posicionamento correto do motorista no banco. Os espelhos laterais devem estar de forma que ao olhar através deles o motorista visualize apenas 10% da lateral do carro. O restante deve mostrar as faixas de rodagem em ambos os lados. No espelho interno o motorista precisa conseguir enxergar todo o vidro traseiro. O ajuste certo do banco também influencia na qualidade da visibilidade do interior do carro. Segundo o analista técnico do Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil), Bruno Honorato, o pé esquerdo do motorista precisa tocar no fundo da embreagem com a perna levemente flexionada. Quando encostado no banco, o motorista deve alcançar a direção com os dois punhos no alto e com os braços levemente flexionados . A regulagem do banco deve ser feita de acordo com a altura da pessoa para atender esses critérios. Fonte: Terra.com.br

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *