Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Saiba como ajustar os retrovisores e dirigir com mais segurança


Por Mariana Czerwonka Publicado 20/10/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h26
Ouvir: 00:00

Ajuste dos retrovisores

O retrovisor é um acessório utilizado para ampliar a visibilidade dos motoristas. Normalmente os veículos possuem três espelhos retrovisores: o espelho central, que garante visibilidade traseira durante a condução e os laterais, que tem como função ajudar o condutor a enxergar fora de sua visão periférica.

O ajuste do espelho central deve ser feito somente após a regulagem do banco do motorista e sua imagem deve cobrir a maior parte do vidro traseiro.

Em casos de ofuscamento de visão durante a noite, provocada pelo reflexo dos faróis no espelho central, é possível utilizar a opção de levantamento da alavanca. Desta forma, o retrovisor passará a espelhar uma imagem menos ofuscante e sem prejudicar a visibilidade.

Alguns veículos mais recentes possuem um modelo de retrovisor com sensor sensível a luminosidade, o chamado sensor crepuscular, que realiza de forma automática a alteração do reflexo da imagem, escurecendo-o e sem necessidade de acionamento da alavanca.

Já para os espelhos retrovisores laterais, o ajuste deve ser feito com mais cautela. É aconselhável utilizar a maior parte do espelho para refletir a imagem lateral traseira do veículo ou o mínimo possível da lataria.

Curiosidade

Com a evolução dos retrovisores internos, surgiram os dispositivos de telas LCD, que projetam as imagens geradas por câmeras localizadas na parte traseira do veículo sem que haja necessidade de ajuste de posição.

Já para os retrovisores externos, as montadoras agregaram aos espelhos dispositivos que avisam de forma visual e sonora a presença de veículos (motos e carros) nos chamados “pontos cegos”.

Mais informações: www.cesvibrasil.com.br

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *