Notícias

Notícias

Saiba se seu carro é mesmo econômico 

A escolha de um veículo é resultado de uma análise que considera várias características. O preço é certamente uma das mais importantes. Além dele, a marca, o design, o espaço interno, o acabamento, a tecnologia agregada e a cor, dentre outras, são levadas em consideração e podem fazer você optar por um ou outro modelo. No entanto, nem todas as características dos veículos são facilmente identificáveis pelos consumidores. Dois bons exemplos são a eficiência energética e o consumo de combustível. Essas informações são importantes porque vão afetar seu bolso durante o tempo em que você usar o automóvel. E a diferença pode ser grande. Para ajudar os consumidores, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) lançou o Guia do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBE Veicular). O objetivo é divulgar como funciona as etiquetas de eficiência energética nos carros e outros veículos – que não é tão conhecida no país como a dos aparelhos eletrodomésticos – e como o consumidor pode reduzir os gastos com combustível. A cartilha traz as informações básicas sobre o programa e como o motorista pode economizar usando um carro com melhor eficiência energética. Veja um exemplo levando em conta o carro hoje do tipo popular, na classe subcompacto. Se você escolher o [nível de eficiência energética] A e não o E, em uma simulação que leva em consideração uns 40 quilômetros por dia, você pode economizar mais de R$ 900 por ano. “Em cinco anos, isso pode corresponder a 10%, 15% do valor do próprio veículo, só para se ter uma ideia de quanto é importante essa informação”, calcula o responsável pelo Programa de Etiquetagem do Inmetro, Marcos Borges. Além da classificação quanto à eficiência energética, a etiqueta informa quilometragem alcançada por litro de combustível na cidade e na estrada e a emissão de gás carbônico. Foram analisados veículos das categorias subcompactos, compactos, médios, grandes, carga derivado, comercial, fora de estrada, utilitário esportivo e minivan. No PBE Veicular, a principal ferramenta de informação dos consumidores é a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia. A exemplo do que já ocorre para refrigeradores, aparelhos de ar-condicionado, fogões e fornos a gás, televisores, lâmpadas e outros produtos, os veículos recebem a etiqueta com faixas coloridas de A (mais Sim. Acompanhe o exemplo com um carro da categoria subcompacto, que é um dos segmentos mais vendidos no Brasil. Os mais eficientes, no PBE Veicular, fazem em média 13,2 km com um litro de gasolina. Já os menos eficientes fazem 9,2 km. Como consultar a lista de veículos etiquetados — Na página do Inmetro Ainda tem dúvidas? Caso você não tenha encontrado as informações que procurava sobre PBE Veicular ou, ainda, tenha sugestões ou criticas para aperfeiçoar o Programa e a sua comunicação, entre em contato com a Ouvidoria do Inmetro. Fonte: Tribuna da Bahia

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']