Notícias

Notícias

SP é o segundo lugar mais caro do mundo para se ter um carro 

São Paulo é o segundo lugar mais caro do mundo para se ter um carro. É o que mostra levantamento feito pela revista “The Economist” nas principais metrópoles globais. A cidade mais rica do Brasil só perde para Xangai, centro financeiro da China. Em média, o preço de compra de um veículo 2010, em São Paulo, foi três vezes maior que o mesmo item em Londres. Na sequência da lista, estão Nova Delhi (Índia), Roma (Itália), Sidney (Austrália), Berlim (Alemanha), Amsterdã (Holanda), Moscou (Rússia), Paris (França) e Londres (Reino Unido). Embora Londres tenha ficado apenas com a 10ª posição, segundo a publicação, a alta dos combustíveis no Reino Unido exerceu grande peso na posição final da cidade no ranking. O preço dos combustíveis subiu mais de 50% desde 2007. A revista também levou em consideração, para o levantamento, gastos com seguros, impostos de circulação e outros itens de manutenção dos veículos. A “The Economist” atribui ao alto valor de aquisição de veículos as primeiras posições da lista para metrópoles emergentes, principalmente os preços estratosféricos para a compra de marcas estrangeiras, como Mercedes e Audi. Devido ao imposto mais alto nestas regiões, produtos de luxo e do setor automotivo tendem a ser muito mais caros que nos países ricos, explica a publicação. No caso das regiões mais desenvolvidas, ela atribui à renda estagnada e aos orçamentos familiares encolhidos o custo mais elevado para se manter um carro. Ou seja, culpa da crise econômica internacional. Fonte: Agência O Globo

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *