Notícias

Notícias

Trânsito é a maior causa de mortes na faixa de 15 a 29 anos no Brasil 

Mortes no trânsito

“Irmãos são mortos ao andar de moto em direção ao Aeroporto”. “Ônibus esmaga médico”. “Esperavam o ônibus e foram atropelados”.Nunca antes na história deste País se leu tanta manchete com tragédias envolvendo o trânsito. O Brasil precisa debater o assunto e encontrar soluções. Por isso, ainda há tempo para se inscrever no Congresso Trânsito e Vida, que a Federação Nacional de Associações de Detran (Fenasdetran) está realizando, em Salvador,nos próximos dias 30 e 31 de outubro e primeiro de novembro, no Centro de Convenções.

Ligue para (071) 3272-1081, 3116-2363 ou 9223-7943  ou então mande um e-mail para [email protected] e participe deste que será um marco nas discussões sobre um assunto que interessa a cada um e a todos os brasileiros, pois o Brasil não suporta mais perder quase 50 mil vidas todos os anos no trânsito. E, o mais terrível, como vimos recentemente em Salvador: são vidas que começam, cheias de promessas, pois na faixa etária dos 15 aos 29 anos de idade, o trânsito se transformou na maior causa de morte. E por quê? Porque nesta faixa estão aqueles que andam a pé, de bicicleta ou de moto, justamente as três modalidades que são responsáveis por 66% dos mortos no trânsito brasileiro.

No Congresso Trânsito e Vida, especialistas discutirão tudo relacionado ao trânsito, hoje, uma preocupação planetária, pois,segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a continuar a tendência de motorização das sociedades em desenvolvimento, como a nossa, o trânsito vai ceifar mais de 2 milhões de vítimas anuais e isso precisa de um freio.

De acordo com o presidente da Federação Nacional das Associações de Detran, Mário Conceição, o objetivo do evento “é reunir pessoas interessadas na realização do trânsito seguro, disseminar informações e fomentar novos conhecimentos, como ferramentas indispensáveis à realização de “ações de segurança no trânsito”.

Cada dia do congresso terá um eixo temático que tratará de assuntos específicos, como Segurança no Trânsito, Educação e Saúde.Dentro destes temas globais, vários outros serão discutidos, a exemplo do “Balanço dos três anos da Década Mundial da ONU de Ações de Segurança no Trânsito”, “Álcool ao volante”,“Impactos da Lei Seca na sociedade brasileira”, “Crime de trânsito”, “Mobilidade Sustentável” e “Guerra no trânsito”. Especialistas brasileiros e estrangeiros vão interagir e relatar experiências,promovendo a multiplicação do conhecimento sobre trânsito.

Entre eles: Rodrigo Kleinubing (especialista em acidentes de trânsito), George Silva Paim (Policial Rodoviário Federal), Robert Colombo Llimona (International Program Office for Traffic Safety), Rodrigo Ramalho (educador de trânsito), Eduardo Biavatti (especialista em segurança no trânsito), dentre outros.

Não há restrições à participação, pois o Congresso Trânsito e Vida não está voltado apenas para profissionais; qualquer cidadão interessado pode participar, principalmente estudantes, que terão desconto especial na taxa de inscrição.

Mais informações, clique aqui.

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']