Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

15 de julho de 2024

Agência exige redução de dose de sonífero para evitar acidentes


Por Talita Inaba Publicado 13/01/2013 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h52
Ouvir: 00:00

Os fabricantes de soníferos que contenham o princípio ativo “zolpidem” devem reduzir a dosagem dos medicamentos, segundo exige a partir desta quinta-feira (10) a FDA, agência americana de regulação de alimentos e remédios. A recomendação tem como base estudos que revelam que o remédio deixa os pacientes, principalmente mulheres, sonolentos e sujeitos a lesões durante a manhã.

De acordo com a FDA, uma das pesquisas mostra que essas drogas permanecem na corrente sanguínea em altos níveis pela manhã, provocando sonolência suficiente para interferir em atividades como a condução de veículos, o que aumenta o risco de acidentes.

A agência recomenda que a dose seja cortada pela metade para mulheres, porque elas processam a substância de forma mais lenta. De acordo com a determinação, as doses passarão de 10 para 5 miligramas nos produtos regulares, e de 12,5 para 6,25 miligramas nas formulações de liberação prolongada.

A FDA pede, ainda, que os fabricantes passem a aplicar doses mais baixas também para os homens, embora isso não seja uma exigência. Da mesma maneira, os médicos devem prescrever a menor dose possível nos tratamentos contra insônia, reforça a agência.

“Os pacientes que dirigem de manhã ou fazem alguma outra atividade que exige atenção integral devem conversar com seus médicos para verificar se o tratamento é apropriado”, disse Ellis Unger, diretor do departamento de avaliação de medicamentos da FDA.

De acordo com ele, a agência tem recebido nos últimos anos uma série de denúncias de acidentes de trânsito ligados ao uso de zolpidem. No entanto, a FDA não tem informações suficientes para dizer qual a real influência da droga nas batidas de carro.

As novas indicações devem atingir as marcas Ambien, Edluar e Zolpimist.

Fonte: Globo.com

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *