Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

27 de fevereiro de 2024

Blitz eletrônica reboca 10 carros em 22 minutos no Rio


Por Mariana Czerwonka Publicado 26/11/2009 às 02h00 Atualizado 10/11/2022 às 19h10
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Blitz – o temor dos motoristas por causa dos congestionamentos que provocam – poderão ficar mais eficientes no Rio. A câmera da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) agora vai repassar as informações captadas através da placa dos veículos para o sistema informatizado do Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran), que identifica a situação do veículo em questões de segundos. Dessa forma, a promessa é de que somente os carros irregulares serão parados e o fluxo no trânsito seguirá normalmente.

Na manhã desta quinta (26), foi realizado o primeiro teste prático desse novo sistema na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Em 22 minutos, 10 carros foram rebocados.

Segundo o presidente do Detran, Fernando Avelino, sem esse novo sistema integrado os agentes levavam de duas a três horas para flagrar o mesmo número de veículos irregulares.

Os agentes do Detran ficam posicionados a cerca de 100 metros da câmera de reconhecimento de caracteres óticos (chamada de OCR) e recebem os dados no palmtop (espécie de computador portátil) imediatamente.

Saiba mais na reportagem do G1.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *