Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

16 de julho de 2024

BR-376 e BR-277 têm longas filas neste sábado; confira condições do trânsito nas rodovias


Por Banda B Publicado 07/01/2023 às 12h51 Atualizado 16/03/2023 às 15h43
Ouvir: 00:00

A BR-376, que liga o Paraná ao litoral de Santa Catarina, e a BR-277, entre Curitiba e o litoral do estado, permanecem com trechos de longas filas desde a manhã deste sábado (7). Nas duas rodovias há interdições, que comprometem o fluxo normal dos veículos.

BR-376 e BR-277 têm longas filas neste sábado
Filas na BR-277.
Foto: Arquivo/DER-PR.

Conforme informações da Arteris, concessionária que administra a BR-376, por volta de 12h30 a fila era de 17 quilômetros no sentido SC – Curitiba do km 3 (BR-101/SC), em Garuva, ao km 668 (BR-376/PR), em Guaratuba. No sentido Curitiba – SC, era de 6 quilômetros, do km 662 ao km 668, em Guaratuba.

No mesmo horário na BR-277, conforme o Centro de Operações Integradas (COI) do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), havia 14 quilômetros de fila de Curitiba a Paranaguá, com final dela no km 56. No sentido Paranaguá-Curitiba, a fila era de 13 quilômetros, com final no km 29.

Recuperação da BR-277

O DER vai começar, na segunda-feira (9), uma nova etapa da obra de recuperação da BR-277, no litoral do Paraná. A obra emergencial de contenção inclui a chegada de um guindaste no km 41, ponto onde o tráfego permanecerá em apenas duas faixas.

Os serviços têm o objetivo de evitar que novos escorregamentos ocorram e que permitirão a liberação do tráfego na rodovia com segurança e mais brevidade possível. Os deslizamentos de outubro bloquearam totalmente a rodovia.

A previsão é que estes serviços emergenciais sejam concluídos até o dia 25 de fevereiro, permitindo a liberação total das faixas de tráfego da BR-277 nos locais sendo atendidos pelo DER/PR. Estes prazos podem ser modificados conforme as condições climáticas na serra.

Cerca de 30 funcionários estão no trecho atualmente. A obra de contenção definitiva tem início na sequência, com as pistas já liberadas, devendo ser finalizada até o final de março.

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *