Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de julho de 2024

Três da mesma família ficam feridos após Chevette atingir mureta ao entrar no Contorno Sul


Por Banda B Publicado 16/04/2023 às 09h52
Ouvir: 00:00

Três homens da mesma família ficaram feridos após o Chevette que elas estavam atingir uma mureta na entrada do Contorno Sul, em Curitiba. A reportagem da Banda B apurou que a família voltava do Litoral do Paraná, local onde estavam pescando, para casa, que fica na cidade de Fazenda Rio Grande (RMC), via Contorno Leste (BR-116).

Contorno Sul
Três da mesma família ficam feridos após Chevette atingir mureta ao entrar no Contorno Sul. Foto: Djalma Malaquias/Banda B

O tenente Marcondes, do Corpo de Bombeiros, que havia acabado de sair de um acidente na Linha Verde, atendeu a ocorrência e explicou que os ferimentos nas vítimas foram graves.

Foi uma colisão frontal contra a mureta. Em virtude do impacto, os passageiros colidiram a região do tórax contra a parte do painel do veículo. Isto gerou as lesões em todos. O motorista e o passageiro da frente ficaram mais feridos. Eles estariam retornando do Litoral, mas não conseguimos apurar por qual o motivo o carro bateu contra a mureta.

tenente Marcondes.

O carro saía do Contorno Leste para entrar no Contorno Sul, conforme apurou a Banda B. Três ambulâncias foram acionadas para atender a ocorrência na região da Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Marcondes ainda falou à Banda B sobre o Chevette e a segurança de carros antigos.

Os carros mais antigos deformam menos, mas o impacto sobre os passageiros é bem maior. Justamente porque não possuem proteção com airbag e o sistema de segurança costuma ser um pouquinho mais precário.

tenente Marcondes.

Uma das vítimas necessitou ser levada com urgência ao Hospital do Trabalhador. As outras duas vítimas ainda passaram por avaliações mais profundas dos bombeiros antes de serem encaminhadas ao hospital.

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *