Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Vídeo: câmera flagra acidente após tentativa de conversão; cinto salvou motorista, segundo socorrista


Por Banda B Publicado 08/09/2023 às 13h03
Ouvir: 00:00

O uso correto do cinto de segurança impediu que uma motorista tivesse ferimentos graves após um acidente que acabou se envolvendo, na tarde de quinta-feira (7). A colisão aconteceu em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e uma câmera de segurança registrou o momento da pancada, que foi bem forte. Veja o vídeo abaixo.

Foto: Colaboração/Silvio Alves – 147 News.

O acidente, que aconteceu na Rua Pará, no Jardim Monza, envolveu um Fiat Mobi e um Ford Focus sedan. O motorista do Mobi tentou acessar à esquerda a Rua Itajubá, mas a motorista do Focus não teve tempo de frear.

Pelas imagens da câmera de segurança é possível ver que o motorista começa a virar, e nisso já vem o Focus, em uma velocidade que não conseguiria parar a tempo. 

Veja o vídeo da câmera de segurança:

Cinto de segurança salvou

Os dois motoristas tiveram ferimentos leves. Segundo o soldado Emídio, do Corpo de Bombeiros, ambos estavam fora de perigo porque usavam o cinto de segurança. No caso da motorista do Focus, se estivesse sem o equipamento poderia ter se machucado.

“Do nada deu seta para entrar, quando viu estava em cima, não tirou, graças a Deus ela estava de cinto, o airbag estourou, machucou um pouquinho, mas ela está consciente, orientada, estava tranquila”. 

disse o soldado Emídio, do Corpo de Bombeiros

Conforme o socorrista, o acidente acabou deixando apenas danos materiais se levar em conta a gravidade da pancada, que poderia ter provocado ferimentos mais graves.

“Mais os danos materiais. A PM veio fazer o registro do boletim de ocorrência, mas as vítimas, que é o importante para nós, estavam bem. Se ela não estivesse de cinto poderia ter uma lesão de maior gravidade”.

comentou o soldado Emídio, do Corpo de Bombeiros

Foto: Colaboração/Silvio Alves – 147 News.

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *