Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de junho de 2024

Campanha visa estimular a sociedade a participar do Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito 2023

Desde 2005, a ONU elegeu o terceiro domingo de novembro como Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 18/11/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Dia Mundial 2023
O monumento em memória das vítimas de trânsito pode ser construído em várias cidades. Foto: Divulgação.

Desde 2005, a ONU elegeu o terceiro domingo de novembro como Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. Em 2023, a data será celebrada no dia 19 de novembro. Para estimular a sociedade a participar desse dia, o SOS Estradas e a TRÂNSITOAMIGO, entidade de vítimas responsável por trazer essa celebração para o Brasil, pretende incentivar instituições públicas e privadas, além de pessoas comuns e formadores de opinião pública, para que realizem ações específicas nas rodovias e nas áreas urbanas. O objetivo é tornar essa data um marco definitivo no calendário da preservação da vida no país.

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito 2023: mais de 1,3 milhões de mortos por ano

Atualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde e ONU, são 1,35 milhão de mortos por ano e 50 milhões de feridos em todo mundo. Tudo isso em decorrência da violência no trânsito. Portanto, 140 mil vítimas por dia, entre mortos e feridos.

“Uma pandemia que se repete há décadas e cuja vacina é respeitar as leis e preservar a vida”, cita a campanha.

Ainda conforme a ação, no Brasil, são mais de 33 mil mortos anualmente. Assim como, 240 mil pessoas que ficam com invalidez permanente, a maioria delas jovens, além de pelos menos outros 300 mil feridos leves. Não há brasileiro que não tenha entre seus familiares, amigos ou colegas de trabalho uma vítima da violência no trânsito.

Monumento

O SOS Estradas e a TRÂNSITOAMIGO criaram uma página (clique aqui) para que todos os interessados em participar do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito possam ter acesso ao material da campanha. Além disso, fazer camisetas, impressos com a logo dessa data, ou personalizar o material para sua instituição, órgão ou empresa.

Nesta página também é possível ter acesso ao projeto descritivo do Memorial das Vítimas que foi uma doação para a TRÂNSITOAMIGO pelo arquiteto e paisagista Rubens Richter, que deixou esse legado. A obra contou também com a inestimável contribuição do arquiteto Santiago Leal.

De acordo com os idealizadores, a criação do projeto desse monumento ocorreu em 2012, especialmente para a TRÂNSITOAMIGO. Seu projeto descritivo poderá ser cedido, sem qualquer custo e mediante certos requisitos, a qualquer instituição ou mesmo um filantropo que tenha condições de construí-lo. Dessa forma, tornando-o um espaço permanente de homenagem às vítimas da violência viária e ponto de encontro de vítimas, familiares e amigos na comemoração do Dia Mundial.

Histórico do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Em 1993, a RoadPeace, instituição de apoio às vítimas de trânsito do Reino Unido, como uma forma de lembrar das vítimas da violência do trânsito. E assim criou a primeira data em Memória desses que sofrem as consequências trágicas do trânsito e que contou com o apoio de várias outras organizações.

Em 1995, a Federação Européia de Vítimas de Trânsito criou o dia mundial que a Assembleia Geral Das Nações Unidas adotou definitivamente em 26 de outubro de 2005, através da Resolução 60/5 que instituía a data mundialmente.

A ONU fez um amplo convite aos Estados-Membros e à comunidade internacional para designar o terceiro domingo de novembro de cada ano como o Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito.

A data é uma oportunidade para aumentar a consciência pública em relação à inaceitável perda de vidas no trânsito. Além disso, estimular a sociedade e os governos a apoiarem e desenvolverem ações e políticas que permitam reduzir as vítimas.

De acordo com estudos da ONU, apresentados na 3ª Conferência Ministerial Global de Segurança Viária realizada em fevereiro de 2020, em Estocolmo, Suécia e publicados no Relatório de status Global de Segurança no Trânsito – 2018 (Global Status Report on Road Safety – 2018)  morrem cerca de 1,35 milhão de pessoas vítimas de sinistros de trânsito todos os anos no mundo. Sendo que 60% dessas mortes ocorrem em países de média ou baixa renda.

O Dia Mundial no Brasil

Por iniciativa da ONG TRÂNSITOAMIGO, houve a celebração da data no Brasil pela primeira vez em 2007. A partir daí várias entidades e órgãos do SNT (Sistema Nacional de Trânsito) vêm realizando ações. E, ao longo do tempo, vem se ampliando com novas adesões e alcançando quase todo o território nacional.

A intenção é marcar a data de alguma forma. Seja por meio de uma caminhada reunindo não só familiares de vítimas dos sinistros de trânsito, mas também cidadãos que entendam que podem melhorar a segurança no trânsito para todos que transitam. Estando a pé, de bicicleta, num veículo ou mesmo no transporte público.

A TRÂNSITOAMIGO e o SOS Estradas assumiram a missão de dar visibilidade a essa data nas rodovias e à todas as pessoas, entidades e empresas que atuam em prol da segurança rodoviária.

“Sempre mantendo em destaque o fator humano, as vítimas, e não as instituições já que este não é um movimento político nem comercial mas sim de toda a sociedade”, conclui a campanha.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *