Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

16 de julho de 2024

Futuro dos CFCs: Lives pretendem debater mudanças recentes e futuro do setor

Para falar sobre tudo isso e muito mais, o Portal do Trânsito, com o oferecimento da Tecnodata Educacional, está promovendo duas lives com as principais lideranças do setor no Brasil.


Por Mariana Czerwonka Publicado 27/06/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00

Recentemente os Centros de Formação de Condutores (CFCs) estiveram no centro de inúmeras polêmicas, grandes desafios e mudanças recorrentes, principalmente no que se diz respeito ao processo de formação de condutores. Desde a novela do simulador de direção, a própria pandemia da Covid-19 até a possibilidade de tornar facultativo o curso teórico na primeira habilitação foram várias as questões que trouxeram muita insegurança sobre o futuro dos CFCs e afetaram substancialmente o setor.

Para falar sobre tudo isso e muito mais, o Portal do Trânsito, com o oferecimento da Tecnodata Educacional, está promovendo duas lives com as principais lideranças do setor no Brasil. A apresentação é do especialista Celso Mariano.

Nesta terça-feira (27/06), às 19h30, o encontro terá a presença de Olga Zanoni, advogada da Associação Brasileira de Autoescolas (Abrauto). Nos próximos dias, ainda em data a definir, o convidado será Ygor Valença, presidente da Federação Nacional das Autoescolas (Feneauto) e do SindiCFC-PE.

Conforme Mariano, esta será uma grande oportunidade de debater diversos temas ligados à formação de condutores no Brasil.

“O nosso objetivo é conversar com com os representantes de ambas as entidades para traçar um panorama e fazer uma análise do que aconteceu até aqui. Além disso, visualizar esse cenário de evolução e dos próximos passos. Estamos fazendo isso porque consideramos extremamente importante a existência do CFCs e torcemos pela qualificação do setor, das entidades, dos profissionais que ali trabalham. Vemos isso como o único caminho para termos condutores melhor preparados”, explica.  

O especialista destaca ainda, a importância dos CFCs na obtenção da CNH.

“Nós não podemos simplesmente voltar atrás em conquistas já estabelecidas desde 1998 quando o atual Código de Trânsito entrou em vigor. Naquela época, tivemos muitas melhorias no processo de formação de condutores e não podemos simplesmente regredir”, disse.

De acordo com Mariano, mesmo sabendo desses fatores é importante que todos os envolvidos no processo façam as suas críticas. “Todos devem estudar o assunto e fazer suas manifestações. Aqui no Portal do Trânsito nós temos muito conteúdo sobre esses debates, muitos pontos que foram analisados à exaustão. A conclusão que todos nós chegamos é que há sim o que melhorar mas sem uma autoescola para formar condutores não será possível”, finalizou.

Ouça o áudio completo de Celso Mariano sobre a Live que debaterá o futuro dos CFCs

Você poderá acompanhar as lives pelo Youtube do Portal do Trânsito, clique aqui!

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *