Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024

Como emplacar seu veículo 0 km


Por Mariana Czerwonka Publicado 03/02/2011 às 02h00 Atualizado 10/11/2022 às 18h53
 Tempo de leitura estimado: 00:00

A baixa do IPI nos últimos anos tornou fácil a aquisição de novos veículos pelos consumidores de todo Brasil. Na Bahia não seria diferente. O número da frota de 2010 aponta um aumento de 279.450 veículos cadastrados no estado em relação ao ano anterior. Mas para que o condutor transite legalmente é necessário registrar o automóvel no Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-Ba), nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) ou Regionais de Trânsito (Retrans) de suas respectivas localidades. Cadastrar o veículo novo consiste na realização do 1º emplacamento e para que esse processo seja feito tranquilamente o proprietário deve se atentar às orientações sobre prazo e documentação necessária. Após a saída do veículo da concessionária o proprietário tem um prazo de 15 (quinze) dias para apresentar-se no Detran-Ba com os seguintes documentos: – Documento de Identificação (original e cópia em perfeitas condições); – CPF (original e cópia em perfeitas condições); – Comprovante de endereço (emitidos nos últimos 3 (três) meses); – Primeira via da Nota Fiscal; – Decalque do Chassi colado na Nota Fiscal (procedimento realizado pela concessionária ou no setor de vistoria do Detran). Em caso de Pessoa Jurídica, se faz necessário o contrato social e cartão do CNPJ devidamente registrados na JUCEB com cópia autenticada e documento de identificação dos respectivos sócios. Já nos casos em que os proprietários optem serem representados por terceiros, o mesmo deve possuir procuração com fins específicos, firma reconhecida (em caso de firma reconhecida em outro Município ou Estado o documento deve reconhecer sinal público do tabelião) e documento de identificação do outorgante (cópia autenticada), como também do procurador. Com todos os documentos em mãos o usuário pode dirigir-se a Central de Atendimento na sede do Detran-Ba, em Salvador, para abertura do serviço. Depois será encaminhado a uma unidade da Secretaria da Fazenda (www.sefaz.ba.gov.br) para emissão do Documento de Arrecadação Estadual – DAE (IPVA). A próxima etapa é providenciar a confecção da placa e em seguida realizar os devidos pagamentos. Depois de pagas às taxas, o usuário deve retornar a Central de Atendimento para receber o Certificado de Registro de Veículos (CRV) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV). Seguindo as etapas corretamente o proprietário já pode dirigir-se ao setor de Selagem para colocação da placa. O valor do serviço de 1º emplacamento é R$140, lembrando que o valor da placa pode variar a depender da escolha do proprietário em relação ao material utilizado. Mais informações podem ser obtidas através do call center do órgão pelo telefone: (71) 3535-0888.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *