Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de fevereiro de 2024

Como fazer para obter o seguro DPVAT


Por Mariana Czerwonka Publicado 09/07/2014 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h09
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Seguro DPVAT

1)  O que é o Seguro DPVAT?

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, mais conhecido como Seguro DPVAT, existe desde 1974.  É um seguro de caráter social que indeniza todas as vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, sem apuração de culpa, sejam elas  motorista, passageiro ou pedestre. O Seguro DPVAT oferece cobertura para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).

2) Quem deve pagá-lo?

O Seguro DPVAT é pago anualmente por proprietários de veículos automotores de via terrestre.

3) Que tipo de situações o seguro não cobre?

O seguro não cobre danos materiais e eventos em que não sejam caracterizados como acidente de trânsito causado por veículo automotor de via terrestre, como embarcações e aeronaves, por exemplo.

4) E em quais situações há indenização?

Ele oferece cobertura para danos pessoais causados por acidente de trânsito em três situações: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).

Os valores indenizados são de R$13.500 no caso de morte; até R$13.500 para invalidez permanente, variando conforme o grau de invalidez; e até R$2.700 para reembolso de despesas médicas e hospitalares, de acordo com as despesas comprovadas.

5) Qual é o procedimento para pedir indenização?

A própria vítima ou herdeiro legal pode realizar o procedimento, que é gratuito, sem a necessidade de advogados ou intermediários. Informe-se sobre a documentação necessária para dar entrada no seguro pelo telefone 0800 022 12 04 ou pelo site DPVAT Seguro no Trânsito. Ou vá até uma agência própria dos Correios levando a documentação necessária.

O pagamento da indenização deve ser feito por meio de crédito em conta corrente ou poupança da vítima ou de seus beneficiários em até 30 dias, a contar da data da entrega da documentação solicitada.

A Seguradora Líder-DPVAT ressalta que o prazo para pedir a indenização é de até três anos, a contar da data do acidente.

Serviço:

Site DPVAT:  www.dpvatsegurodotransito.com.br

SAC DPVAT – 0800 022 12 04 – Todos os dias da semana, 24h por dia

Fonte:  Marcio Norton, diretor de Relações Institucionais da Seguradora Líder-DPVAT

Fonte: MSN

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *