Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

13 de julho de 2024

Por que as cores no trânsito são sempre verde, vermelho e amarelo? Veja a resposta

As cores utilizadas no trânsito orientam os usuários e passam informações específicas, por isso é importante conhecê-las.


Por Mariana Czerwonka Publicado 28/07/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Cores no trânsito
A Convenção de Viena padronizou a sinalização e normas de trânsito internacionais, inclusive as cores no trânsito. Foto: Depositphotos.

Utiliza-se os sinais de trânsito para orientar, advertir e disciplinar a circulação dos usuários do trânsito ao longo das vias. Cada um deles tem o objetivo de passar uma mensagem ao condutor, pedestre ou ciclista para manter a segurança e a trafegabilidade. As cores utilizadas no trânsito também orientam os usuários e passam informações específicas, por isso é importante conhecê-las. No entanto, levanta-se uma questão: por que as cores no trânsito são sempre verde, vermelho e amarelo? Esse foi o tema de um dos programas Tira-dúvidas do Portal do Trânsito.

De acordo com Celso Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito & Mobilidade, há muitos padrões no trânsito e é bom que seja assim. “Esse fato garante que em qualquer lugar por onde o usuário circule, ele não vai estranhar a sinalização, seja ela horizontal ou vertical. Ou seja, nem mesmo os sons ou as cores do trânsito são diferentes”, diz.

Ele explica ainda que a escolha das cores ocorreu conforme um padrão da natureza.

“O vermelho sempre foi a cor que mais chamou atenção de todos os mamíferos, inclusive dos seres humanos. É sinal de perigo. Nesse mesmo sentido, o amarelo é o que vem antes desse ponto máximo da ideia inconsciente trazida pelo vermelho. Já, o verde tem uma associação também natural, espontânea, intuitiva com o ‘está tudo bem’”, afirma.

Mariano diz também que a escolha das cores como padrão ocorreram justamente porque elas remetem a estas sensações. “Mesmo que alguém não tenha exata compreensão do que está vendo, esta sensação é passada. Às vezes até subliminarmente”, diz.

Ainda conforme Mariano, a escolha dessas cores, desde a Convenção de Viena, como referência para ser aplicada na sinalização do mundo inteiro acabou dando essa contribuição final. “Em qualquer parte do planeta onde haja trânsito organizado você vai ver a cor vermelha na sinalização que está associada ao perigo, pare imediatamente o que você está fazendo, imobilize seu veículo. E o verde, como pode ir, está tudo bem, está tudo tranquilo”, conclui.

Assista ao comentário completo de Celso Mariano sobre o porquê das cores no trânsito serem sempre verde, vermelho e amarelo, no programa Tira-dúvidas do Portal do Trânsito.

Convenção de Viena

Segundo o portal Educa Mais Brasil, a Convenção de Viena, abreviação do documento que ficou conhecido como Convenção de Viena sobre Direito dos Tratados (CVDT), é um acordo internacional que regulamenta as regras para assinatura de tratados entre países. Proposta pela Comissão de Direito Institucional (CDI) das Nações Unidas, a adoção ocorreu em maio de 1969, mas entrou em vigor apenas em janeiro de 1980 – quando 35 nações a validaram.

Além disso, a Convenção de Viena padronizou a sinalização e normas de trânsito internacionais, que foram adotadas por diversos países, inclusive o Brasil. Essa padronização permite que condutores possam trafegar com segurança em outros países, mesmo sem dominar o idioma local.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

5 comentários

  • Ana Alice
    28/07/2023 às 11:38

    Muito bom excelente explicação

  • Mario L P Nocera
    28/07/2023 às 11:52

    Parabéns pelo Portal!!

  • Valdinei
    28/07/2023 às 20:13

    A história e a essência da origem semafórica , seria bacana o professor Celso incrementar neste tema sob os dominios de sua funçāo sempre didàticas . Fica a dica , grande abraço !

  • Didaique Silva
    19/06/2024 às 09:29

    Olá, bom dia!
    Trabalho em uma empresa onde gostaríamos de publicar os vídeos informativos de transito que vimos do portal do transito, onde queremos saber se é possível ou se tem algum direito autoral para publicação, onde iremos publicar com a fonte e dados onde retiramos é possível?

    • Mariana Czerwonka
      19/06/2024 às 16:33

      Olá

      Se a fonte for citada é possível utilizar sim.

      Obrigada!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *