Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

15 de julho de 2024

Dicas para manutenção do carro evitam grandes prejuízos


Por Mariana Czerwonka Publicado 29/03/2015 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h54
Ouvir: 00:00

Manutenção do carroPequenos problemas podem gerar grandes prejuízos quando são ignorados; falta de combustível, por exemplo, pode acabar em multa

Aquele velho hábito conhecido de todo brasileiro, de “amanhã eu resolvo”, pode causar uma série de prejuízos quando o assunto é segurança no trânsito. Acidentes, multas e peças estragadas são apenas alguns dos imprevistos que poderiam ser evitados caso alguns detalhes recebessem mais atenção do que merecem. O blog De Carona Com Elas separou algumas dicas para você manter seu carro em dia e evitar muita dor de cabeça. Confira abaixo:

Falta de combustível

Ficar parada por falta de combustível pode render uma multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira. A pane seca geralmente acontece com motoristas que costumam andar na reserva, o que provoca superaquecimento da bomba de combustível e faz com que ela queime ao longo do tempo, precisando ser trocada.

Luz

O veículo só deve circular com todas as luzes funcionando: farol, pisca-alerta e freio. Além de colocar em risco a sua vida e a de outras pessoas, a motorista que for pega rodando alguma das luzes queimadas comete infração média, paga multa de R$ 85,13 e leva quatro pontos na carteira. Melhor não arriscar!

Água

Sabe aquela cena clássica em que o carro fica parado na estrada com muita fumaça saindo pelo capô? Ela geralmente acontece porque o reservatório de água, responsável pela refrigeração do motor, ficou vazio e o carro continuou rodando. Resultado: o motor superaquece e o veículo deve ser parado imediatamente para evitar um estrago maior. Para não passar por essa situação, pare no posto uma vez por semana para verificar o nível da água.

Óleo

A principal função do óleo é reduzir o atrito entre as peças do motor, sendo fundamental para garantir a vida útil delas. Rodar com o óleo fora do prazo de troca ou em baixa quantidade pode reduzir o desempenho do carro, aumentar o consumo de combustível e, em casos mais sérios, fundir o motor. Para evitar esse dano, verifique no manual no carro com qual frequência é preciso trocar o óleo. Geralmente, isso deve ser feito a cada 10 mil km, mas o intervalo pode ser menor dependendo das condições em que o carro roda.

Pneus

A manutenção dos pneus é fundamental para garantir a segurança de quem vai a bordo. Para saber qual é a hora certa de trocar o jogo de pneus, fique de olho nos sulcos, pois o desgaste nunca deve chegar ao nível da borracha. O pneu careca compromete a estabilidade do veículo, principalmente em dias de chuva, e é um dos grandes responsáveis por acidentes de trânsito.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *