Notícias

Notícias

Ética pode garantir maior segurança no trânsito 

Ética pode garantir maior segurança no trânsito

Segurança no trânsitoA PRF divulga que 94% dos acidentes decorreram de falhas humanas em 2014. Medidas conjuntas podem contribuir para um trânsito mais seguro

Dados da PRF (Polícia Rodoviária Federal), divulgados na segunda-feira (9), apontam que 94% dos acidentes registrados nas BRs, em 2014, ocorreram devido a falhas humanas. Falta de atenção, velocidade incompatível e ultrapassagens indevidas são as principais causas de acidentes fatais.

O instrutor do Sest Senat de Curitiba (PR) Clédio Thomas afirma que a segurança no trânsito depende de uma série de fatores, como o conhecimento da legislação de trânsito, condições legais de trafegabilidade do veículo, conhecimento dos limites físicos e psicológicos do condutor, ética, cidadania e capacidade técnica de gestão do veículo.

“Porém, o que eu considero mais importante é a complexidade do ser humano em decidir ou escolher em todo momento: o que fazer? Essa escolha dependerá da ética, que sempre leva em conta os valores do indivíduo e do sistema no qual está inserido”, destaca.

Garantir a segurança no trânsito é premissa para qualquer condutor, mas os motoristas de veículos de grande porte sempre serão responsáveis pela segurança dos menores, conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) –§ 2º, Art. 29, Lei 9.503/97. Neste sentido, Clédio alerta sobre a ética na condução de um caminhão, por exemplo. “Para um motorista, que se encontra com duas ou três horas de atraso, chegar ao seu destino, qual medida adotar? Seguir rigorosamente a legislação ou ultrapassar os limites?”

O instrutor lembra que a fiscalização é rara e o mercado exige eficiência. Ele defende que é preciso perceber que o lucro real do transporte está em evitar, a todo custo, os acidentes. “Esses sim têm um custo altíssimo, às vezes, inestimável, pois se trata do valor maior: a vida”.

Clédio Thomas orienta, ainda, que os veículos devem estar em perfeitas condições de trafegabilidade, com documentação válida e estar de acordo com as normas específicas para a sua modalidade de transporte. Além disso, os motoristas precisam ter conhecimento das especificações técnicas recomendadas pelo fabricante. Isso sem esquecer da manutenção e do estado de conservação, que devem estar em dia.

Os condutores ainda devem dirigir com paciência e sabedoria, aplicando os conhecimentos da legislação e da experiência de vida. “Também é imprescindível que os passageiros sejam orientados pelo motorista sobre as normas e procedimentos a serem aplicados em cada viagem”, lembra.

O Sest Senat oferece diversos cursos de capacitação e qualificação para os trabalhadores em transporte. Dentre eles, os de Direção Defensiva e Direção Segura em Pontos Críticos. Para mais informações sobre a oferta do cursos em outras unidades da instituição, clique aqui.

Com informações da Agência CNT de Notícias

Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']