Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024

Excesso de velocidade é a infração mais comum nas estradas


Por Talita Inaba Publicado 29/07/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h33
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Na volta das férias de julho, a fiscalização nas estradas foi mais rigorosa. E a principal irregularidade flagrada foi o excesso de velocidade. No sul de Goiás, ultrapassagens de carros com velocidade bem acima da permitida para a estrada, que é de 110 km por hora. Em um trecho, a principal ligação entre São Paulo e o Centro-Oeste do país, 5,2 mil motoristas foram flagrados dirigindo em alta velocidade nos seis primeiros meses do ano.

Juliana Cabrini foi multada em R$ 127 porque estava a 157 quilômetros por hora. “No embalo, conversando, foi distração mesmo”, conta a representante comercial. Distração que pode custar vidas. Nas férias de julho 25 pessoas morreram nas BRs de Goiás. “É importante que as pessoas entendam que a velocidade permitida é aquela que lhe traz segurança e segurança para todos que estão trafegando na rodovia”, alerta Newton Morais, da Polícia Rodoviária Federal.

Um carro da Polícia Rodoviária Federal estaciona na rodovia e o Bom Dia Brasil acompanhou o inspetor que estava usando um radar portátil. Ele vai registrar a velocidade dos veículos que passam. Nos que estiverem com excesso de velocidade, o policial avisa outros inspetores que estão perto. Um carro passa a 161 quilômetros por hora. Outro, a 168. “Foi uma falha. Infelizmente, a pista está boa e tem hora que a gente se excede. Realmente não foi um bom começo de viagem não”, lamenta o autônomo Paulo Roberto Nascimento.

Fonte: Globo.com

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *