Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

22 de fevereiro de 2024

Família Yared revela multa de radar registrada minutos antes de acidente


Por Mariana Czerwonka Publicado 21/01/2016 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h41
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Acidente Carli FilhoA hora da infração é 0h50 e o acidente entre Carli Filho e o carro onde estavam os dois jovens ocorreu 0h54, poucos metros a frente de onde o motorista do gol foi multado.

A noite de 07 de maio de 2009 não existiu. Pelo menos para os radares que fiscalizam o limite de velocidade na Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, via onde ocorreu um dos acidentes mais trágicos e violentos da cidade de Curitiba, que envolveu o ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho.

Apesar de a informação parecer surreal, foi o que disse à época do acidente, a empresa responsável pelos equipamentos eletrônicos de fiscalização. De acordo com a Consilux, concessionária dos radares de Curitiba, um problema impediu o registro de imagens naquela data, nos equipamentos instalados na avenida. Porém, no começo dessa semana um fato novo veio à tona: quatro minutos antes do fatídico acidente, os radares da via estavam funcionando e registrando infrações. O pai de uma das vítimas do acidente, Gilmar Yared, divulgou uma foto da suposta infração através de sua conta no Facebook.

A infração teria sido cometida na Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, em Curitiba, no dia 7 de maio de 2009, apenas quatro minutos antes do acidente que matou Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Andrade. Segundo o pai de Gilmar Rafael Souza Yared, o motorista a que foi destinada a multa disse que não entregou antes por medo e que decidiu revelar a infração por que se comoveu com o adiamento do júri popular de Carli Filho pelo Superior Tribunal Federal (STF). Ele teria mantido a infração escondida durante todos esses anos por medo de sofrer ameaças e represálias.

A imagem, postada no Facebook, mostra que o motorista de um gol foi multado por transitar acima da velocidade máxima permitida. A hora da infração é 00h50 e o acidente entre Carli Filho e o carro onde estavam os dois jovens ocorreu 00h54, poucos metros a frente de onde o motorista do gol foi multado. Por esse motivo, a família Yared acredita que as imagens tenham sido removidas pela empresa.

A empresa Consilux, ainda não se manifestou sobre o assunto.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *