Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

12 de julho de 2024

Pesquisa busca traçar o perfil do instrutor de trânsito brasileiro


Por Mariana Czerwonka Publicado 29/04/2021 às 18h49 Atualizado 08/11/2022 às 21h30
Ouvir: 00:00

Se você atua na formação de condutores, pode participar e ajudar a compor o retrato atual do instrutor de trânsito no Brasil. Veja como!

Exigência de categoria DOs instrutores são responsáveis pela formação de milhares de condutores em todo o país. Foto: Arquivo Tecnodata.

Compor o retrato atual do instrutor de trânsito no Brasil. Esse é o objetivo da pesquisa que está sendo realizada pela professora Adriana Modesto, doutora em Transportes e mestra em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília – UnB.  “Desde 2018 venho investigando o processo formativo para a obtenção da CNH e o papel dos profissionais responsáveis pela referida formação. Concluí que o segmento laboral tem sido ou negligenciado ou ocupado pouco espaço nas discussões em favor de um trânsito mais seguro, mobilizando os esforços para essa pesquisa”, explica.

O público alvo da pesquisa são os instrutores de trânsito brasileiros que atuam na formação de condutores – categorias A e B.

Ainda conforme a pesquisadora, o questionário aborda perfil, caracterização da dinâmica laboral, aspectos da saúde. Além de percepções quanto à formação de condutores, prática pedagógica e entendimento quanto às recentes alterações no CTB e à segurança viária. “Certa da relevância, pertinência e potenciais benefícios, solicito a colaboração tanto no preenchimento como na divulgação dessa pesquisa”, requisita.

De acordo com Modesto, a pesquisa é de extrema relevância.

“Tendo em vista as estatísticas de sinistros de trânsito no contexto brasileiro, sendo o fator humano preponderante na causa desses eventos, assim como o papel ocupado pelos referidos profissionais no processo de formação para o trânsito”, finaliza.

Para participar da pesquisa, clique aqui.

 

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *