Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de julho de 2024

CNH digital: é possível viajar sem o documento físico?


Por Mariana Czerwonka Publicado 14/04/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h12
Ouvir: 00:00

Antes de pegar a estrada é preciso pensar na documentação tanto do veículo como do condutor. E aí surge a dúvida: é possível viajar apenas com a CNH digital, sem o documento físico? Veja a resposta!

Com a Páscoa chegando muitas pessoas decidem dar aquela esticada e fazer uma viagem para aproveitar o feriado. Além de todos os cuidados, é preciso pensar na documentação tanto do veículo como do condutor. E aí surge a dúvida: é possível viajar apenas com a CNH digital, sem o documento físico?

Sim, é possível. Conforme a legislação em vigor, a versão digital do documento, tanto da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) quanto do CRLV ou CLA (Comprovante do Licenciamento Anual) valem tanto quanto a impressa.

Se a preocupação é com a internet, o condutor pode ficar tranquilo, pois a CNH digital funciona mesmo em locais sem rede. Conforme a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), a conexão com a internet é necessária apenas na inclusão dos documentos. Depois, tanto a CNH Digital quanto o CRLV Digital estarão disponíveis off-line, sendo acessados, apenas, com a senha de quatro dígitos.

E se houver blitz, o documento é aceito?

Em caso de fiscalização durante a viagem, por exemplo, os agentes de trânsito ou policiais rodoviários confirmam a veracidade do documento através do aplicativo Vio, disponível tanto para Android como IOS. O aplicativo permite ler o QRCode (código bidimensional) constante na CNH em formato papel e do QRCode constante da CNH Digital no dispositivo móvel, permitindo assim a verificação dos dados. Para ler o QRCode constante da CNH Digital, por exemplo, é necessário um outro dispositivo móvel que tenha o aplicativo Vio instalado.

Cuidados ao pegar a estrada

Além da documentação do veículo e do condutor em dia, quem quer viajar durante o feriado precisa tomar outros cuidados. Para evitar acidentes, o Portal do Trânsito lista dicas para uma viagem mais segura.

Verifique as condições do condutor

Verifique se o condutor está em condições físicas e emocionais para dirigir. Noite mal dormida, sono e cansaço prejudicam. Além disso, o condutor não pode, de maneira nenhuma, ingerir bebida alcoólica antes de dirigir. Outra dica é optar por condutores mais experientes ou que se sintam mais familiarizados com as rodovias, pois estar habilitado para dirigir não significa ter experiência para dirigir.


Leia também:

Recém-habilitado pode pegar rodovia? 

Verifique as condições do veículo

Para evitar riscos ou inconvenientes no trajeto de viagem, é importante checar se o automóvel está em ordem e realizar revisão antes de pegar a rodovia. A principal dica é procurar uma oficina com antecedência. A revisão do veículo antes de viagens longas é uma maneira de prevenir problemas na estrada, o que aumenta o risco de acidentes.

Não desvie a atenção do trânsito

O celular, a paisagem, a placa de publicidade, os afazeres do dia, os passageiros…vários são os fatores e maior ainda o número de riscos levados ao trânsito quando um motorista simplesmente se distrai ao volante. Em outras palavras, estar atento é fundamental para manter a segurança durante a viagem.

Checar a segurança dos passageiros

O condutor e todos os passageiros devem usar o cinto, inclusive os do banco de trás. Para as crianças há exigências adicionais. De acordo com a legislação brasileira, é obrigatório o uso do equipamento de retenção para crianças de até sete anos e meio ou que não tenham atingido 1,45m. Para cada idade, peso e altura, existe um equipamento correto a ser utilizado (bebê-conforto, cadeirinha ou assento). Além disso, ele precisa ser certificado e estar corretamente instalado para garantir a proteção da criança.

Respeite as leis de trânsito

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as manobras perigosas equivalem a 60% da sinistralidade nas rodovias. Obedecer sempre às regras traz mais tranquilidade, bem como segurança para a viagem. Nesse sentido, é muito importante não exceder o limite de velocidade e não ultrapassar em locais proibidos. Para efetuar uma ultrapassagem segura é preciso observar se no local essa manobra é permitida (através da sinalização) e se ela é necessária.

“Se for realizar a ultrapassagem, sinalize antecipadamente, para que os veículos ao seu redor entendam a sua intenção. Verifique o trânsito atrás e em sentido contrário, no caso de usar a via de sentido inverso para efetuar a ultrapassagem. Transite com o farol aceso mesmo durante o dia”, orienta Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *