Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Dados preliminares de 2021 mostram tendência de queda no número de mortes no trânsito brasileiro


Por Mariana Czerwonka Publicado 08/09/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h04
Ouvir: 00:00

Morreram 31.468 pessoas em decorrência do trânsito brasileiro. O número é aproximadamente 6% menor que o registrado em 2020.

Foram divulgados pelo Ministério da Saúde, os números preliminares de mortes no trânsito brasileiro em 2021. Segundo os dados, morreram 31.468 pessoas em decorrência do trânsito brasileiro. O número é aproximadamente 6% menor que o registrado em 2020.

Lembrando que os dados preliminares de 2020 também mostravam tendência de queda, o que não foi confirmado quando houve o fechamento e divulgação oficial dos números.

Conforme as estatísticas preliminares, a maioria das mortes no trânsito ocorreu na Região Sudeste, seguida do Nordeste e do Sul.

Veja tabela com os dados de mortes no trânsito brasileiro dos últimos dez anos até 2021:

Ano Óbitos
2011 44.299
2012 45.769
2013 43.159
2014 44.561
2015 39.324
2016 38.002
2017 36.234
2018 33.408
2019 32.667
2020 33.497
2021 31.468

Mortes no trânsito brasileiro em 2020

Pela primeira vez em oito anos de queda, o número de mortes no trânsito brasileiro voltou a subir em 2020. Segundo os dados, morreram 33.497 pessoas em decorrência do trânsito brasileiro. O número é aproximadamente 2,5% maior que o registrado em 2019. Também é maior que o número de óbitos de 2018, quando o Brasil registrou 33.408 mortes por acidentes de trânsito.

É válido lembrar que 2020 foi primeiro ano da pandemia causada pela Covid-19 no Brasil e que, neste ano, havia muitas restrições nas grandes cidades, o que reduziu o número de veículos nas vias brasileiras.

Perfil das vítimas

O perfil das vítimas em 2021 ainda não foi divulgado, mas em 2020, conforme os dados do Ministério da Saúde, os motociclistas foram os que mais perderam a vida nas vias e rodovias do Brasil. Foram 12.011 mortos nessa condição. Em seguida estão os ocupantes de automóveis (6.987) e os pedestres (5.120). A faixa etária mais vulnerável, conforme os dados, está entre 20 e 59 anos.

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *