Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

12 de julho de 2024

Deputada propõe incluir disciplina de educação no trânsito nas escolas


Por Mariana Czerwonka Publicado 12/01/2021 às 11h13 Atualizado 08/11/2022 às 21h36
Ouvir: 00:00

O PL, de autoria da deputada Christiane Yared (PL-PR), pretende tornar obrigatória a disciplina de educação no trânsito nas escolas.

Educação no trânsito nas escolasFoto: Arquivo Tecnodata.

Incluir a disciplina de educação no trânsito nos currículos da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio, esse é o tema do PL 784/2015 que está tramitando na Câmara dos Deputados.

De autoria da deputada Christiane Yared (PL-PR), o projeto altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

Conforme o PL, a educação no trânsito entraria no rol de abrangência obrigatória, assim como hoje estão o estudo da língua portuguesa, da matemática. Além do conhecimento do mundo físico e natural, e da realidade social e política, especialmente do Brasil.

Para Yared, a intenção é reduzir o número de vítimas de acidentes de trânsito mediante a promoção e o incentivo da educação no trânsito.

“A inclusão na matriz curricular brasileira da educação no trânsito auxiliará no desenvolvimento psíquico e moral. Formando condutores, pedestres, passageiros e educadores mais responsáveis e comprometidos com o próximo”, afirma a deputada em sua justificativa.

A deputada diz ainda que para a maioria dos problemas a solução é a prevenção. “Imagina quantos acidentes podemos evitar com uma simples medida. Precisamos parar de sermos reativos para controlarmos a situação. A educação é a base de uma sociedade desenvolvida e pode ser ela a grande solução para o fim de tantas mortes nas nossas vias”, conclui.

Tramitação

O Projeto de Lei está apensado ao PL 5163/19 e está sujeita à apreciação do Plenário da Câmara.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *