Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Saiba quais são as infrações mais recorrentes nas ações de fiscalização

Dentre o ranking das infrações mais recorrentes nas ações de fiscalização estão dirigir sem licenciamento e sem habilitação.


Por Pauline Machado Publicado 24/04/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00

De acordo com operações do Detran-MT, dentre o ranking das infrações mais recorrentes nas ações de fiscalização estão dirigir sem licenciamento e sem habilitação. Somente no primeiro trimestre deste ano, operações do Detran-MT resultaram em 254 pessoas dirigindo veículo sem o Licenciamento e 150 por conduzir sem possuir habilitação.

As operações aconteceram em Cuiabá pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).  

Ainda que os flagrantes de inabilitados na condução de veículo e pessoas sem o porte do Licenciamento do ano sejam recorrentes nas ações de fiscalização de trânsito pelo Detran-MT e dirigir sem possuir habilitação seja uma infração de trânsito gravíssima, no valor de R$ 880,41, ambos os documentos são de porte obrigatório para a condução do veículo.

Outras infrações

Além dos flagrantes de infrações recorrentes citados acima, também foram autuadas 137 pessoas por conduzirem veículos com calçados que não se firmam aos pés. Ou seja, como chinelos e sandálias sem alças traseiras que comprometem a utilização dos pedais. Além disso, 118 pessoas sem o cinto de segurança, outro item de retenção obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

“A pessoa que dirige sem habilitação gera uma insegurança viária que pode acarretar em acidentes, lesões e até morte no trânsito. E isso causa um encargo para toda a sociedade”, ressalta Joel Almeida de Sousa, coordenador de Conformidade Legal do Detran-MT.

O estudo informou ainda que nas operações realizadas pelo Detran, por meio da Coordenadoria de Conformidade Legal, com apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e da Semob, no período de janeiro a março foram confeccionados 858 Autos de Infração de Trânsito. Assim como houve a abordagem de 673 veículos. Nesse sentido, 111 motos e 84 carros removidos por infrações diversas.  

Segurança nas vias públicas

A diretora de Conformidade Legal e Educação para o Trânsito do Detran-MT, Adriana Carnevale, destaca o trabalho diário dos agentes de trânsito como de suma importância para promover a segurança nas vias públicas e também orientar os condutores para que trafeguem dentro das normas de trânsito. “Ao cumprir as normas de trânsito o condutor preserva a sua vida e a de terceiros. Além disso, exerce sua cidadania com respeito e responsabilidade”, reforça a diretora.

Além das operações diárias em Cuiabá e Várzea Grande a equipe da Coordenadoria de Conformidade Legal do Detran-MT também participa das operações integradas Lei Seca. O comando é da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), com apoio das forças de Segurança do Estado.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *