Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

23 de julho de 2024

Inglaterra: luz de neblina seria causa de acidentes


Por Mariana Czerwonka Publicado 13/10/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h27
Ouvir: 00:00

Uso da luz de neblina

Estudo de seguradora aponta uso estético dos faróis auxiliares

Os faróis de neblina obviamente não são itens estéticos nos carros – apesar de por vezes serem vendidos como tal. Mas de acordo com estudo feito pela seguradora inglesa Swiftcover, o uso indevido das luzes auxiliares causou em torno de 300.000 acidentes de trânsito em 2011 na Inglaterra. O número impressiona e o motivo é o visual: muitos britânicos gostam de rodar com as luzes inferiores acesas porque as acham atraente.

De acordo com a Swiftcover, seguradora que fez o estudo, os faróis auxiliares – tanto os dianteiros quanto os traseiros – ofuscam a vista dos outros motoristas. E o resultado é esse volume elevado de batidas de trânsito, sendo que o estudo sugere que apenas 50% dos casos foram registrados na polícia. Outro dado (também previsível) é o público, cuja maioria é de jovens com idades entre 18 e 34 anos.

Fonte: Autonews

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *