Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Inspeção veicular volta a ser feita em São Paulo


Por Mariana Czerwonka Publicado 17/10/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h27
Ouvir: 00:00

Inspeção em São Paulo

Retorno do serviço ocorre após liminar em favor da Controlar suspender a decisão tomada pela prefeitura

A inspeção veicular operada pela empresa Controlar voltou a ser realizada em São Paulo, nesta quinta-feira (17), após estar suspensa desde segunda-feira por decisão da Prefeitura. O retorno do serviço se deve a liminar judicial em favor da empresa que realiza o serviço na capital desde 2008.

Apesar do retorno do serviço, a movimentação nos postos da Controlar está bem abaixo do normal. Os 16 centros de inspeção na cidade estão reabertos.

A suspensão começou a valer na última segunda-feira (14). A Controlar recorreu da decisão protocolando uma ação cautelar que foi apreciada pelo juiz da 11ª Vara de Fazenda Pública.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran), com a decisão judicial, o licenciamento de veículos registrados na cidade voltou a ser condicionado à aprovação na inspeção veicular ambiental. Segundo a Controlar, serviços online para novos agendamentos voltaram a funcionar nesta quinta-feira (17).

Suspensão

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou na última sexta-feira (11) a suspensão temporária da inspeção veicular na capital paulista o rompimento com a Controlar, concessionária responsável pelo serviço.

A Prefeitura de São Paulo alega que o contrato com a Controlar expirou em 2008 e sustenta que houve fraude na integralização de capital da empresa. A Controlar, por sua vez, contesta a análise da prefeitura e reafirma seu entendimento de que o contrato tem vigência até 2018.

Fonte: IG

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *