Notícias

Notícias

Manter câmbio em dia requer cuidados simples 

Independente da quantidade de marchas e de ser manual, automática ou automatizada, a caixa de câmbio requer cuidados simples. A principal recomendação dos especialistas é evitar vícios ao volante, como fazer trocas bruscas de marcha e arrancar rápido em saídas de semáforos, por exemplo. Caso essas precauções não sejam tomadas, a durabilidade de peças do sistema pode ficar comprometida. Entre elas estão anéis, sincronizadores, rolamentos e, principalmente, a embreagem, no caso dos manuais e automatizados. “Normalmente, os câmbios são bastante resistentes, mas é preciso fazer manutenção constante. É importante verificar o nível de óleo e dirigir com cautela, sem arranques bruscos”, explica Walter Noris, técnico em manutenção de uma oficina em Maringá. “Quando o óleo fica muito aquecido, o “câmbio pode fundir, além de prejudicar rolamentos e embreagem”, acrescenta Noris. Em geral, é raro o sistema apresentar algum tipo de defeito. Porém, quando isso ocorre, os custos dos reparos costumam ser “salgados”. Nos câmbios manuais e automatizados, é preciso trocar peças como platô, disco e rolamento quando houver desgaste acentuado. Nos automáticos, que utilizam conversor de torque, basta realizar as revisões periódicas. Para todos, é preciso seguir as recomendações das montadoras. Vícios Usar a haste de câmbio como apoio para o braço pode gerar prejuízos acima de R$ 2 mil. Isso desgasta componentes como garfo, engrenagens e anéis sincronizadores, entre outros. Deixar o pé constantemente na embreagem é outro vício que pode prejudicar o câmbio. Uma revisão, de acordo com o técnico de manutenção, pode custar cerca de R$ 800 a R$ 1 mil, dependendo do caso. “O câmbio é uma peça que não é barata, por isso é preciso tomar muito cuidado”. A falta de lubrificante em transmissões automáticas pode leva à queima de componentes. Os preços vão de R$ 3 mil a 7 mil, dependendo do veículo. No caso das válvulas solenoides, que controlam a pressão do óleo, o custo da substituição parte de R$ 900 e pode custar até R$ 15 mil. Fonte: O Diario.com

Artigos Recomendados Para Você

Deixe um comentário

Campos obrigatórios *

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Politica de Privacidade.

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']